Ir para o conteúdo
  MENU

Câmara Municipal de Santarém

Página principal

Câmara de Santarém acolhe Conferência do III Colóquio do Atlântico dedicada ao antigo Presidente da Câmara Joaquim Maria da Silva

A Câmara de Santarém acolhe, dia 28 de novembro, às 18h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Conferência “Filosofia Política de Joaquim Maria da Silva. Pessoa, Comunidade e Bem”, por Carlos Pacheco Amaral, Presidente da Comissão Organizadora dos Colóquios do Atlântico, integrada no III Colóquio do Atlântico.

A sessão de abertura desta Conferência conta com a presença de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara de Santarém, António Braz Teixeira, do Instituto de Filosofia Luso-Brasileira, Carlos Pacheco Amaral, da Universidade dos Açores e Manuel Cândido Pimentel, da Universidade Católica Portuguesa.

A 3ª edição desta iniciativa, que decorre em Lisboa, Santarém e em Angra do Heroísmo, de 26 a 29 de novembro, é dedicada ao estudo da vida, obra e pensamento de Joaquim Maria da Silva (1830-1915) – filósofo, liberal, professor, que também foi Presidente da Câmara de Santarém, de 1884 a 1886, e professor do Liceu Nacional de Santarém, onde exerceu o cargo de reitor durante cerca de 40 anos.

Em 1884, quando foi empossado Presidente Câmara Municipal desta Cidade, deu indicações para a construção do Matadouro Municipal e foi durante a sua gestão que uma comissão executiva, composta por João Fagundes da Silva e João Baptista Augusto dos Santos, redigiu o Regulamento do Matadouro Municipal e Talhos de Santarém.

A ideia da construção da Ponte D. Luís, em 1866, deve-se não só à Junta Geral do Distrito de Santarém, mas também a Joaquim Maria da Silva, uma das personalidades mais evidentes em Santarém, na segunda metade do século XIX.

Joaquim Maria da Silva fundou o Jornal “O Scalabitano”, que redigiu e dirigiu. primeiro número data de 13 de novembro de 1856, altura em que formou a Empresa Tipográfico-Scalabitana, que sustentou a edição deste jornal, que existiu até 15 de julho de 1857.

Fixou-se em Santarém, onde tinha família, casou e viveu. Advogado e professor liceal, integrou a elite intelectual da então vila de Santarém, e privou, entre ouros, com Alexandre Herculano, de quem era amigo pessoal e advogado.

O seu nome é recordado na Rua Joaquim Maria da Silva, em Tremês, Santarém, inaugurada em 2007.

Joaquim Maria da Silva, nasceu em Angra do Heroísmo – Açores, em 1830 e faleceu em Lisboa, a 27 de setembro de 1913. Jurista, bacharel em Direito pela Universidade de Coimbra em 1854, notabilizou-se pelo seu pensamento político.

Autor de algumas obras de Filosofia Política, nesse mesmo ano de 1854, publicou na cidade do Porto, logo após ter terminado o curso, uma obra intitulada “Federação ibérica”, ou ideias gerais sobre o que convém ao futuro da península, considerada uma das obras pioneiras do republicanismo federal. Defendia o ideário iberista na forma do republicanismo federal. Procurou inspiração no caldo doutrinário pacifista, republicano, federal, internacionalista e utópico que então atraía a juventude inconformista, visível na obra que aborda dois temas distintos: a criação da Federação Ibérica e um projeto de bases para uma Constituição Federal dos Estados Unidos da Ibéria.

Embora remeta para um futuro distante a concretização dos ideais defendidos, defendia ter como objetivo contribuir para a construção da respublica ideal, através da reunião da família dos povos peninsulares.

Reconheceu obstáculos e resistências, e conclui ser esse o caminho que deve ser trilhado pelos povos da Península Ibérica.

Considerado como paradigma do pensamento político utópico português oitocentista, o texto encerra em tom otimista: “Felizes os que então viverem! Beneméritos da humanidade os que concorrerem com os seus esforços e vontades para o alcance e realização dessa idade de ouro, de paz, de fraternidade”.

Os Colóquios do Atlântico são promovidos pelo Instituto de Filosofia Luso-Brasileira e pelo Centro de Estudos Humanísticos da Universidade dos Açores, em parceria com o Centro de Estudos de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa, e contam com o alto patrocínio do governo da Região Autónoma dos Açores.

Esta iniciativa realiza-se anualmente, em Lisboa e nos Açores, e tem por objetivo o estudo de figuras relevantes do pensamento e da cultura portuguesa oriundas daquele arquipélago, bem como de temas e problemas culturais e especulativos que tenham recebido contribuição significativa ou encontrado expressão individualizada em autores ou personalidades açorianas.

As organizações dos Colóquios do Atlântico tiveram início em 2015, com o estudo da obra e do pensamento de José Enes (1924-2013), e prosseguiram no ano seguinte, sobre o estudo da obra e do pensamento de Gustavo de Fraga (1922-2003).

Já estão publicadas as Atas do I Colóquio do Atlântico, dedicado a José Enes, e está em curso a publicação das Atas do II Colóquio, consagrado à obra e pensamento de Gustavo de Fraga.

Para mais informações, consulte: http://coloquiosdoatlantico.webnode.com/

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 250

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 243 304 613

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 400

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Obras e Projetos

    243 304 241 243 304 297

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

    Seg, Qua e Sex: 09h30 às 12h30

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 628

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Bombeiros Municipais de Santarém

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 321 183

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Bombeiros Municipais de Santarém

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300