Ir para o conteúdo
  MENU

Câmara Municipal de Santarém

Página principal

Agenda

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
15
Data : 2018-06-15
21
Data : 2018-06-21
22
Data : 2018-06-22
  SEGUIR

Santarém reforça programa das Comemorações do 25 de Abril com Espetáculo “61-ABRIL-74” da Guerra à Liberdade com 150 participantes

O Programa das Comemorações do 44º aniversário do 25 de Abril, em Santarém, foi apresentado no dia 27 de março, em conferência de imprensa, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Santarém, numa coorganização da Câmara Municipal de Santarém, da Comissão das Comemorações do 25 de Abril e da AJA - Associação José Afonso.

Joaquim Correia Bernardo, começou por informar que a Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril de Santarém teve necessidade de se constituir enquanto associação, a partir de hoje, Associação “COMEMORAÇÕES POPULARES DO 25 DE ABRIL – ASSOCIAÇÃO CULTURAL”, de modo a suprir problemas vários e “corresponder ao que foi a grande esperança do 25 de Abril”.

O Presidente da Assembleia Geral, Joaquim Correia Bernardo, explicou que o programa é vasto e composto por diversas atividades, das quais se destacam, os dias 3, 24 e 25 de abril.

No dia 24 de abril (terça-feira), “Noite mágica do 25 de Abril em que na EPC se formou a Coluna Militar e a sua consequente saída da Cidade - momento simbólico para a Cidade, em que vai ser apresentado um espetáculo rico em imagens, valores e gritos de alma”, como referiu Joaquim Correia Bernardo, ao explicar o espetáculo que está a ser preparado para o efeito, e que Santarém recebe, às 21h30, na Ex EPC - Escola Prática de Cavalaria de Santarém - Parada Chaimite, o Espetáculo “61 - Abril – 74 – da Guerra à Liberdade”. Entrada de público a partir das 20h30. Gratuito.

Tiago Fernandes, explicou que este ano, o Palco vai ter outra disposição e vai estar num plano elevado, de modo a permitir a visualização do espetáculo por todos. O Espaço vai contar com cerca de 1000 lugares sentados e espaço para que todos consigam ver este espetáculo Multidisciplinar.

O Espetáculo retrata a vida dos portugueses num conturbado período da história de Portugal, num espectáculo que retrata as situações vividas nos diversos sectores da sociedade, durante os 13 longos anos em que os portugueses foram sujeitos a conflitos armados, e as suas famílias condicionadas à dolorosa incerteza de verem os seus filhos de volta a casa.

Uma produção multidisciplinar com Teatro, Música, Dança e Poesia, que conta com mais de 150 participantes de associações culturais, locais e concelhias, que unem esforços e talentos para que a noite de 24 de abril continue um marco das comemorações Nacionais da Liberdade.

Santarém quer acolher, em 2024, as comemorações oficiais dos 50 anos da Revolução de Abril e, até lá, “marcar a agenda” com um grande espetáculo de recriação da época, que este ano “recuperará os 13 anos da guerra colonial”.

Tiago Fernandes, que produz o espetáculo juntamente com Carlos Oliveira, disse que pela Parada Chaimite da antiga Escola Prática de Cavalaria (EPC) vão passar cerca de 120 pessoas – entre atores, músicos, bailarinos, declamadores de poesia –, em 15 cenas que retratam “vários acontecimentos históricos e sociais” do período entre o início da guerra colonial, em 1961, até à saída das tropas dos quartéis na noite de 24 de abril de 1974, em particular da coluna liderada pelo então capitão Salgueiro Maia que partiu da EPC, em Santarém.

Este espaço, que terá um palco elevado e mil lugares sentados, poderá receber até 8.500 pessoas, disse, tendo a vereadora com o pelouro da Cultura, Inês Barroso, sublinhado a aposta em atrair à cidade visitantes de todo o País.

Jorge Rodrigues, vereador com o pelouro do Património, afirmou que Santarém tem a decorrer uma candidatura para acolher as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, em 2024, querendo, até lá, celebrar a data “em crescendo”.

A realização de um grande espetáculo de recriação da época na noite de 24 de abril foi ensaiada pela primeira vez em 2017, com “Esta é a madrugada que eu esperava”, a partir de um texto do Coronel Correia Bernardo sobre as quatro horas que antecederam a saída da EPC da coluna comandada por Salgueiro Maia, que será reposto em 2019, nas comemorações dos 45 anos da que ficou conhecida como a Revolução dos Cravos.

O espetáculo deste ano conta com a participação de grupos e associações das freguesias de Alcanede, Pernes e Vale de Figueira e da cidade, como o Círculo Cultural Scalabitano (CCS, com as suas várias valências), o Conservatório de Música, o Centro Dramático Bernardo Santareno, o Teatrinho, a Aqui Há Gato, o Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra, atores e músicos.

O Programa das Comemorações do 44º aniversário do 25 de Abril, em Santarém, foi apresentado no dia 27 de março, em conferência de imprensa, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Santarém, numa coorganização da Câmara Municipal de Santarém, da Comissão das Comemorações do 25 de Abril e da AJA - Associação José Afonso.

Joaquim Correia Bernardo, começou por informar que a Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril de Santarém teve necessidade de se constituir enquanto associação, a partir de hoje, Associação “COMEMORAÇÕES POPULARES DO 25 DE ABRIL – ASSOCIAÇÃO CULTURAL”, de modo a suprir problemas vários e “corresponder ao que foi a grande esperança do 25 de Abril”.

O Presidente da Assembleia Geral, Joaquim Correia Bernardo, explicou que o programa é vasto e composto por diversas atividades, das quais se destacam, os dias 3, 24 e 25 de abril.

No dia 24 de abril (terça-feira), “Noite mágica do 25 de Abril em que na EPC se formou a Coluna Militar e a sua consequente saída da Cidade - momento simbólico para a Cidade, em que vai ser apresentado um espetáculo rico em imagens, valores e gritos de alma”, como referiu Joaquim Correia Bernardo, ao explicar o espetáculo que está a ser preparado para o efeito, e que Santarém recebe, às 21h30, na Ex EPC - Escola Prática de Cavalaria de Santarém - Parada Chaimite, o Espetáculo “61 - Abril – 74 – da Guerra à Liberdade”. Entrada de público a partir das 20h30. Gratuito.

Tiago Fernandes, explicou que este ano, o Palco vai ter outra disposição e vai estar num plano elevado, de modo a permitir a visualização do espetáculo por todos. O Espaço vai contar com cerca de 1000 lugares sentados e espaço para que todos consigam ver este espetáculo Multidisciplinar.

O Espetáculo retrata a vida dos portugueses num conturbado período da história de Portugal, num espectáculo que retrata as situações vividas nos diversos sectores da sociedade, durante os 13 longos anos em que os portugueses foram sujeitos a conflitos armados, e as suas famílias condicionadas à dolorosa incerteza de verem os seus filhos de volta a casa.

Uma produção multidisciplinar com Teatro, Música, Dança e Poesia, que conta com mais de 150 participantes de associações culturais, locais e concelhias, que unem esforços e talentos para que a noite de 24 de abril continue um marco das comemorações Nacionais da Liberdade.

Santarém quer acolher, em 2024, as comemorações oficiais dos 50 anos da Revolução de Abril e, até lá, “marcar a agenda” com um grande espetáculo de recriação da época, que este ano “recuperará os 13 anos da guerra colonial”.

Tiago Fernandes, que produz o espetáculo juntamente com Carlos Oliveira, disse que pela Parada Chaimite da antiga Escola Prática de Cavalaria (EPC) vão passar cerca de 120 pessoas – entre atores, músicos, bailarinos, declamadores de poesia –, em 15 cenas que retratam “vários acontecimentos históricos e sociais” do período entre o início da guerra colonial, em 1961, até à saída das tropas dos quartéis na noite de 24 de abril de 1974, em particular da coluna liderada pelo então capitão Salgueiro Maia que partiu da EPC, em Santarém.

Este espaço, que terá um palco elevado e mil lugares sentados, poderá receber até 8.500 pessoas, disse, tendo a vereadora com o pelouro da Cultura, Inês Barroso, sublinhado a aposta em atrair à cidade visitantes de todo o País.

Jorge Rodrigues, vereador com o pelouro do Património, afirmou que Santarém tem a decorrer uma candidatura para acolher as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, em 2024, querendo, até lá, celebrar a data “em crescendo”.

A realização de um grande espetáculo de recriação da época na noite de 24 de abril foi ensaiada pela primeira vez em 2017, com “Esta é a madrugada que eu esperava”, a partir de um texto do Coronel Correia Bernardo sobre as quatro horas que antecederam a saída da EPC da coluna comandada por Salgueiro Maia, que será reposto em 2019, nas comemorações dos 45 anos da que ficou conhecida como a Revolução dos Cravos.

O espetáculo deste ano conta com a participação de grupos e associações das freguesias de Alcanede, Pernes e Vale de Figueira e da cidade, como o Círculo Cultural Scalabitano (CCS, com as suas várias valências), o Conservatório de Música, o Centro Dramático Bernardo Santareno, o Teatrinho, a Aqui Há Gato, o Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra, atores e músicos.

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 250

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 243 304 613

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 400

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Obras e Projetos

    243 304 241 243 304 297

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 628

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Bombeiros Municipais de Santarém

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 321 183

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Bombeiros Municipais de Santarém

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022/23/24

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300

     

×

Questionário: Adaptação às Alterações Climáticas em Santarém