Ir para o conteúdo
  MENU

Município de Santarém

Página principal

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

quinta-feira:

Esta quinta-feira, dia 3 de outubro, tem início a Exposição “Chapéus Há Muitos – Exposição de Chapéus, Hatinators e Fascinators, de Luís Stoffel” - Aderecista e Designer de Chapelaria, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, no W Shopping. A Mostra pode ser visitada até dia 13 de outubro, das 10h00 às 22h00.

Luís Stoffel é natural de Santarém e desde criança que sempre mostrou talento pelos trabalhos de Artes Plásticas. No entanto, o gosto pela Dança falou mais alto.

Aos 4 anos, iniciou-se no Grupo Académico e Infantil de Danças Ribatejanas de Santarém. Anos mais tarde, iniciou a sua formação em Dança na FMH - Faculdade de Motricidade Humana, na Companhia de Dança de Lisboa e na Universidade de Marly Le Roi em Paris.

Depois de muitos anos de dedicação à Dança a dar aulas, formações e em espetáculos no Algarve e em todo o país em geral, em 2002 inicia a sua atividade profissional como aderecista "autodidata" no Teatro Politeama em Lisboa.

Logo após o seu primeiro grande trabalho no musical " My Fair Lady ", encenado por Filipe La Féria, foi reconhecido devido ao seu trabalho na área da Chapelaria e convidado pelo mesmo, para trabalhar no Teatro Politeama.

Desde então, tem trabalhado como Aderecista e " Millinery " em todas as produções de Filipe La Féria, assim como, com outros Encenadores, Figurinistas, Estilistas e também na área da Moda, tanto em produções editoriais como em desfiles, sendo reconhecido e destacado pela revista Vogue como o melhor Designer português na área da Chapelaria.

sexta-feira:

Esta sexta-feira, dia 4 de outubro, às 10h00, o Teatro Sá da Bandeira, recebe CANTOPEIA II, de Rita Roberto. Esta sessão conta com a presença da Creche “Os Amiguinhos”, da Santa Casa da Misericórdia de Santarém.

Cantopeia II gira em torno do oco, do eco, do movimento contínuo e redondo. Cantopeia são pequenos espetáculos participados, para crianças pequenas e adultos cuidadores, que se juntam a escutar, a dançar e a cantar, num ambiente acolhedor e criativo.

Rita Roberto é licenciada em Artes Plásticas / Pintura (Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, 2006); mestre em Dança (UdK - Universidade de Artes de Berlim, 2009).

Entre 1999 e 2007 desenvolveu formação independente em dança contemporânea, passando pela escola de formação da Companhia de Dança Contemporânea de Évora, Centro em Movimento (Lisboa), Fórum Dança (Lisboa), Dock 11 (Berlim) e Marameo (Berlim).

Apresenta trabalho artístico próprio desde 2004, em contexto expositivo, salas de espetáculo e publicações. Desde 2008 desenvolve projetos educativos nas áreas de artes plásticas e performativas, em espaços culturais e em contexto escolar. Mais informações através do e-mail:

Oficina | Classificação Etária: M/1 | Duração: 00h40 | Preço: gratuito

Esta sexta-feira, prossegue a 3ª edição do Torneio Internacional Feminino Santarém Ladies Open, no Clube de Ténis Santarém, no Complexo Desportivo Municipal.

O Clube de Ténis de Santarém e a Federação Internacional de Ténis (ITF) organizam este torneio que conta com a participação de cerca de 100 atletas profissionais de múltiplas nacionalidades.

sábado:

Este sábado, dia 5 de outubro, decorre a VI edição do Trilho das Dores, a partir das 07h00, nas Abitureiras. A prova tem quatro percursos diferentes: Trail Longo (27 km), Trail Curto (17 km), Mini Trail (10 km) e Caminhada (10 km).

Com partida e chegada no recinto de festas da Freguesia de Abitureiras, a IV Edição da prova de Trail Running “Trilho das Dores” promete ser uma fantástica aventura que leva à descoberta de kms de trilhos esculpidos na natureza desta localidade Scalabitana.

Mas o evento não é só composto pelas vertentes competitivas, pois existe uma caminhada convívio, onde é possível percorrer 10km de trilhos belíssimos em família.

Coorganização: Equipa Trilho Perdido Eventos / Imporlux, Câmara Municipal de Santarém, Centro de Convívio Cultura e Desporto de Abitureiras e a empresa de Cronomentragens e Organização de Eventos Desportivos “Trilho Perdido”, com o apoio da Junta de Freguesia de Abitureiras e de várias entidades.

Mais informações em: https://trilhodasdores.wixsite.com/trilho-das-dores | https://www.trilhoperdido.com/evento/6-Trail-Running-Trilho-das-Dores

Às 10h00, tem início a Formação “Em busca do seu próprio Clown”, com Luciano Amarelo, ator e encenador, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, na Sociedade Recreativa Operária. A formação decorre até dia 11 de outubro, ao sábado e domingo, das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 17h00, e de segunda a sexta-feira, das 19h30 às 22h30.

Esta busca do seu próprio clown reside na liberdade de poder ser o que se é e de fazer os outros rirem disso, de aceitar a sua verdade. Existe em nós uma criança que cresceu e que a sociedade não permite aparecer; a cena a permitirá melhor do que a vida. Não basta, para um clown de teatro, apresentar-se ao público fracassando naquilo que procura realizar e com uma roupa típica e nariz vermelho. O clown profissional deve saber realizar seus fracassos com talento e trabalho.

Classificação etária: M/14

Às 16h00, o Teatro Sá da Bandeira, recebe CANTOPEIA II, de Rita Roberto. Traga a sua família e participe neste espetáculo, que é um desafio para muitos pés e cabeças que se juntam a escutar, a dançar e a cantar, num ambiente acolhedor e criativo.

CANTOPEIA II são pequenos espetáculos participados, para crianças pequenas e adultos cuidadores. Cantopeia gira em torno do oco, do eco, do movimento contínuo e redondo.

Rita Roberto é licenciada em Artes Plásticas / Pintura (Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, 2006); mestre em Dança (UdK - Universidade de Artes de Berlim, 2009).

Entre 1999 e 2007 desenvolveu formação independente em dança contemporânea, passando pela escola de formação da Companhia de Dança Contemporânea de Évora, Centro em Movimento (Lisboa), Fórum Dança (Lisboa), Dock 11 (Berlim) e Marameo (Berlim).

Apresenta trabalho artístico próprio desde 2004, em contexto expositivo, salas de espetáculo e publicações. Desde 2008 desenvolve projetos educativos nas áreas de artes plásticas e performativas, em espaços culturais e em contexto escolar.

Mais informações através do e-mail:

Oficina | Classificação Etária: M/1 | Duração: 00h40 | Preço: gratuito

A Calçada 66 (junto ao W Shopping, acolhe a Vídeo-Instalação “Arte Urbana”, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude. A Vídeo-Instalação Holográfica “Holoseno”, está patente até dia 12 de outubro, numa coprodução FITAIJ/ Miguel Canaverde, Pedro Mourinha e Francisco Camilo, IAS - residência artística na Incubadora d’Artes Santarém

Classificação etária: todos os públicos

A 3ª edição do Torneio Internacional Feminino Santarém Ladies Open, termina este sábado, no Clube de Ténis Santarém, no Complexo Desportivo Municipal.

O Clube de Ténis de Santarém e a Federação Internacional de Ténis (ITF) organizam este torneio que conta com a participação de cerca de 100 atletas profissionais de múltiplas nacionalidades.

A decorrer:

Até dia 11 de outubro, visite a Exposição de Pintura “Ainda Ribatejo”, de Rogério Louro, patente na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

Rogério Louro, ribatejano e residente em Santarém afirma-se como um autodidata na pintura, um gosto que vem desde os anos 80 do século passado quando conheceu os pintores retratistas de rua em Paris. Mais tarde, já reformado, começou a pintar e cedo enveredou pelo retrato a óleo de pessoas, cavalos, toiros e outras temáticas.

Técnicas: pintura a óleo, por camadas, com utilização de grisalhas, veladuras no retrato, cera de abelha que usa nos retratos.

Até dia 13 de outubro, visite a Exposição “Chapéus Há Muitos – Exposição de Chapéus, Hatinators e Fascinators, de Luís Stoffel - Aderecista e Designer de Chapelaria, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, no W Shopping. A Mostra pode ser visitada das 10h00 às 22h00.

Luís Stoffel é natural de Santarém e desde criança que sempre mostrou talento pelos trabalhos de Artes Plásticas. No entanto, o gosto pela Dança falou mais alto.

Aos 4 anos, iniciou-se no Grupo Académico e Infantil de Danças Ribatejanas de Santarém. Anos mais tarde, iniciou a sua formação em Dança na FMH - Faculdade de Motricidade Humana, na Companhia de Dança de Lisboa e na Universidade de Marly Le Roi em Paris.

Depois de muitos anos de dedicação à Dança a dar aulas, formações e em espetáculos no Algarve e em todo o país em geral, em 2002 inicia a sua atividade profissional como aderecista "autodidata" no Teatro Politeama em Lisboa.

Logo após o seu primeiro grande trabalho no musical " My Fair Lady ", encenado por Filipe La Féria, foi reconhecido devido ao seu trabalho na área da Chapelaria e convidado pelo mesmo, para trabalhar no Teatro Politeama.

Desde então, tem trabalhado como Aderecista e " Millinery " em todas as produções de Filipe La Féria, assim como, com outros Encenadores, Figurinistas, Estilistas e também na área da Moda, tanto em produções editoriais como em desfiles, sendo reconhecido e destacado pela revista Vogue como o melhor Designer português na área da Chapelaria.

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Bibliográfica “As Artes”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, patente de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

As Artes, é uma expressão que designa manifestações artísticas que podem ser de ordem estética ou comunicativa e numa grande variedade como: a escultura, a pintura, arquitetura, desenho, música, dança, escrita, teatro e cinema.

As artes nos dias de hoje desfrutam de uma ampla difusão e preservação do legado artístico da humanidade ao longo da sua História e são uma parte da cultura que atrai e envolve a sociedade civil e que nos permite a todos viver e experienciar outras dimensões da vida quotidiana.

Até dia 31 de outubro, está patente Mostra Bibliográfica “Dia Mundial da Alimentação”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

O Dia Mundial da Alimentação é uma data que visa alertar e sensibilizar a população para o problema mundial que afeta aqueles que sofrem com a fome, e ainda apelar à garantia da segurança alimentar com uma dieta nutritiva para todos.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação registou em 2018 que 820 milhões de pessoas passam fome no mundo, sendo que 155 milhões são crianças que sofrem de subnutrição crónica.

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Registo da carta de nomia-|ção de Professora de ensino| de Meninas nesta Vila D. Maria do Patrocinio de| Lemos e Aragão.

Dona Maria por Graça de Deos, e pela Consti-|tuição da Monarquia, Rainha de Portugal, e Algar-|ves e seus domínios = Faço Saber aos que esta mi- |nha Carta virem Que Hei por bem, confirman-|do-me com a Proposta do Concelho Geral Derector do ensino Primario e Secundario, Fazer | Mercê de Nomiar para Mestre Proprietaria | e Vitalicia da Escola de Educação de Meninas| da Vila de Santarem (…). Pelo que orde-|no ao Administrador Gera d’aquele Distri-|cto de Santarem, que sendo-lhe presente| esta Carta selada com o Selo da Cauza Pu-|blica defira o competente juramento á| dita Dona Maria do Patrocinio de| Lemos e Aragão, ou quem para eSse acto|estiver munido de Ligitima procuração, | e lhe faça dar poSse do seu Cargo pelo Adme-|nistrador do respectivo Concelho, deixando-lhe servir| e executar, na conformidade da Lei de 19-08-1837.

(Estabelece o regimento da recolha da Décima e impostos anexos).

Carta referendada pelo ministro e secretario de Estado dos Negócios do Reino, e selada com o selo das armas reais. Paço das Necessidades, 24 de outubro de mil oitocentos e quarenta. Assinam, a rainha e Rodrigo Fonseca Magalhães.

Em consequência da expulsão dos Jesuítas, que possuíam o exclusivo do ensino escolar e desatualizado, Portugal foi detentor de várias reformas, entre elas, as do ensino. Levadas a cabo pelo então ministro de D. José I (Sebastião José de Carvalho e Melo/Marquês de Pombal). Porém, como forma de sustentabilidade do pagamento das remunerações dos professores, foi criado o Subsídio Literário, pelo Alvará de 28 de junho 1759. Mantendo-se por longo tempo. Manda a rainha D. Maria II, pela Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda, que o tesouro Público Nacional satisfaça com brevidade as seguintes questões: qual o rendimento efetivo do rendimento da Décima; das Terças e do Subsidio Literário, dos Concelhos do Continente e das Ilhas dos Açores e Madeira. Paço das Necessidade, 18 de fevereiro de 1837. Assina, José da Silva Passos.

Até dia 30 de dezembro, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Destaque trimestral para uma obra da autoria de Francisco de Almada: “Casario”, Serigrafia a cores s/ papel, 1983.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Até dia 24 de dezembro, visite a Exposição “Urbanidade: 150 anos de elevação a cidade”, na Casa do Brasil. A Mostra pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (encerra: domingos, segundas e feriados).

Nos últimos 150 anos Santarém procurou acertar o passo com outras cidades médias, no intuito de se afirmar como capital de distrito. Fortemente afetada pelas invasões francesas e pelas lutas liberais, foi-se modernizando ao sabor das novidades comerciais, artísticas, arquitetónicas e culturais do país e do mundo.

Com recurso a objetos, imagens e filmes, a exposição Urbanidade procura explorar as principais conquistas da jovem cidade, nos domínios do abastecimento e do saneamento público, dos transportes e comunicações, da cultura e do desporto, do ordenamento do território e do urbanismo, da educação e da saúde, dos espaços verdes e equipamentos coletivos e da defesa, segurança e proteção civil, recriando ambiências de um passado ainda bem presente na memória dos seus habitantes, lançando as bases para uma reflexão do seu futuro coletivo.

Até 24 de dezembro, visite a Exposição ‘Urbanidade - 150 anos de Elevação de Santarém a Cidade (1868-2018)’, em várias ruas, praças e largos de Santarém. A mostra pode ser vista em diferentes pontos do planalto, onde várias telas apresentam a evolução da terra através de imagens acompanhadas por pequenos textos explicativos. A exposição divide-se em duas partes, a segunda encontra-se na Casa do Brasil - Casa Pedro Álvares Cabral, onde a cerca de 300 fotos se juntam objetos e filmes que mostram as principais conquistas da jovem cidade, desde a cultura e do desporto, educação e saúde, ao abastecimento e saneamento público, dos transportes e comunicações, até ao urbanismo, dos espaços verdes ou aos quarteis militares.

Em permanência:

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

No Núcleo Museológico do Tempo encontra-se em exposição temporária um relógio de mesa, do início do século XX, em terracota policromada, representando duas crianças. Este relógio é proveniente da coleção de relojoaria do Museu Municipal de Santarém e está patente até 31 de agosto de 2019.

Sujeito a marcação através dos contatos: tel. 243 377 290 / 912 578 970

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h15 e das 14h00 às 17h15. Contato: tel.- 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scallabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 250

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 243 304 613

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 400

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Obras e Projetos

    243 304 241 243 304 297

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

    Seg, Qua e Sex: 09h30 às 12h30

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 628

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Bombeiros Municipais de Santarém

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 321 183

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Bombeiros Municipais de Santarém

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300

     

×

Reino de Natal