Ir para o conteúdo
  MENU

Município de Santarém

Página principal

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

sexta-feira:

Esta sexta-feira, dia 11 de outubro, às 18h30, a Sala de Leitura Bernardo Santareno acolhe a Conversa “CURAR”, por Anabela Leandro e João Beja, em que vão ser abordadas as temáticas; “as mulheres e o ofício de curar/cuidar/alimentar/nutrir. Recurso à natureza: cereais” e “os cristais”.

Às 18h30, o Convento de S. Francisco recebe a apresentação do resultado da formação “Em busca do seu próprio Clown”, no âmbito do FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude

Às 21h30, o Teatro Sá da Bandeira recebe a peça de Teatro “Um outro Fim para a Menina Júlia”, do Teatro Nacional D. Maria II. A bilheteira reverte a favor da A Farpa - Associação Familiares e Amigos do Doente Psicótico. Bilhetes à venda no TSB – Teatro Sá da Bandeira, BOL, Worten, FNAC e CTT.

A Peça tem encenação, espaço cénico e figurinos de Tiago Rodrigues e desenho de luz de João de Almeida, a peça é interpretada por Helena Caldeira, Inês Dias, Lúcia Maria, Manuel Coelho, Paula Mora e Vicente Wallenstein.

Hoje é o último dia em que pode visitar a Exposição de Pintura “Ainda Ribatejo”, de Rogério Louro, patente na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

Rogério Louro, ribatejano e residente em Santarém afirma-se como um autodidata na pintura, um gosto que vem desde os anos 80 do século passado quando conheceu os pintores retratistas de rua em Paris. Mais tarde, já reformado, começou a pintar e cedo enveredou pelo retrato a óleo de pessoas, cavalos, toiros e outras temáticas.

Técnicas: pintura a óleo, por camadas, com utilização de grisalhas, veladuras no retrato, cera de abelha que usa nos retratos.

Visite a Vídeo-Instalação “Arte Urbana” - Holográfica “Holoseno”, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, na Calçada 66, junto ao W Shopping, numa coprodução FITAIJ/Miguel Canaverde, Pedro Mourinha e Francisco Camilo, IAS - residência artística na Incubadora d’Artes Santarém

sábado:

Este sábado, dia 12 de outubro, às 09h30, o Jardim Portas do Sol recebe uma aula de Suporte Básico de Vida, promovida pelo Hospital CUF Santarém, em parceria com o Município de Santarém, com o objetivo de contribuir ativamente para a criação de uma comunidade capaz de reconhecer e agir perante situações de emergência.

A aula Suporte Básico de Vida tem a duração de cerca de três horas, intercaladas por momentos teóricos e práticos, nas quais os participantes vão aprender a reconhecer se a vítima está consciente e se respira de forma eficaz; saber quando e como pedir ajuda; e executar manobras de reanimação, testadas em manequins preparados para o efeito.

Para tal, contam com a partilha dos conhecimentos e experiência de profissionais de saúde da CUF Academic and Research Medical Center– entidade responsável pela formação, ensino e investigação de todas as unidades de saúde CUF, certificada pela American Heart Association e acreditada pelo INEM. No final, os participantes recebem um Certificado de presença.

A inscrição nesta aula é gratuita, mas obrigatória, estando limitada a 100 lugares. Os participantes devem inscrever-se, antecipadamente, no site: https://academiacuf.up.events/activities/view/2791

Às 10h00, tem início a Caminhada “Outdoor pela Saúde Mental”, no Jardim da Liberdade, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde Mental. Após a receção e entrega do kit de participante, às 10h30, tem lugar o aquecimento “Acordar antes de caminhar”. O início da Caminhada tem lugar às 11h00.

O Outdoor pela Saúde Mental consiste na realização simultânea de 4 caminhadas, em 4 regiões do território nacional (Lisboa, Évora, Faro e Santarém) e tem como principal objetivo afirmar-se como uma voz ativa na promoção da participação da comunidade em ações de direitos humanos, nomeadamente, das pessoas com incapacidades, de combate ao estigma, discriminação e exclusão social e a favor da valorização do indivíduo com experiência de doença mental, bem como a sua inclusão social.

Para além do apoio do INR - Instituto Nacional da Reabilitação e da FNERDM - Federação Nacional de Entidade de Reabilitação de Doentes Mentais, esta caminhada conta também com a ajuda dos pace.makers para o planeamento do percurso e do Ginásio 100% que vai dinamizar o aquecimento.

Das 10h30 às 13h00, no âmbito FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, a Praça Sá da Bandeira (Largo do Seminário) recebe “Pinturas Faciais” com os Human’Art. À mesma hora há “Caricaturas”, pela Companhia jecaricaturista.

Às 11h00, a Companhia de Teatro Hr. Teatre, da Dinamarca, apresenta “Pudemin”.

“Helle sentada no seu sofá, vê repentinamente as coisas à sua volta a mudar. As suas almofadas começam a mexer-se, saem do sofá e transformam-se numa almofada gigante – E VIVA!

Às 11h45, a Companhia “Espuma Bruma” da Argentina, apresenta “rOdandO”.

rOdandO é um espetáculo que nasceu em 2010 em Mar del Plata, Argentina. Nesse ano, Espuma Bruma decide deixar a sua profissão de professora de literatura para viajar pelo mundo com sua corda bamba. Tem como condimentos: bolhas gigantes, uma bola de cristal e a manipulação de objetos. Toda aquela atmosfera enquadrada na poesia, no tango e na comédia de uma palhaça que encontra no desequilíbrio a ponte para brincar com o público. rOdandO tem a magia de uma mulher que, da América Latina, viaja sozinha no mundo usando a poesia de sua corda bamba como uma ferramenta para emocionar.

rOdandO é criado e renovado pela primeira vez na América Latina (Argentina, Brasil, Uruguai, Peru, Guatemala) e depois na Europa (Espanha, França, Itália, Alemanha, Holanda, Bélgica, Portugal, Eslovênia, Macedônia) e Ásia (Coreia do Sul, Tailândia).

O Jardim de S. Domingos recebe várias iniciativas do FITAIJ. Às 14h30 há Pinturas Faciais, pelos Human’Art, no Jardim de S. Domingos. Das 14h30 às 16h30, há “Caricaturas”, pela Companhia jecaricaturista. Pelas 15h30, a Companhia Eva Ribeiro apresenta “Pimpinela– clown / mulher Palhaça.

«“Pimpinella” é um espetáculo de clown itinerante. Uma palhaça a bordo do seu carrinho musical distribui sorrisos entre flores e melodias. Criando jogos e situações cómicas com o público e a rua Pimpinella traz consigo a Primavera.

Apelando ao mundo sensorial, Pimpinella utiliza diferentes objetos que ora perfumam o ar, ora trazem doçura a quem por ela passa. Para completar a sinestesia ela evoca canções populares que remetem ao universo das plantas e flores, acompanhada pelo seu acordeão ou pelas suas sinetas musicais.

Especialista na arte do improviso, Eva Ribeiro, joga durante todo o espetáculo com os elementos que vai encontrando pelo seu caminho, conquistando o seu público por onde passa».

Às 16h30, a Companhia “DESASTRONAUTS”, de Espanha, apresenta “Máis Alto Aínda” – trapézio voador.

“Uma mulher forte, inteligente, atraente e engraçada encontra um homem... estúpido. Ele fará qualquer coisa para estar com ela, e ela fará todo o possível para escapar. Ela é dona de si mesma, ele é infantil. Veremos como sua luta frenética se intensifica quando eles encontram um trapézio de balanço, cordas aéreas e um bambolê de fogo. Raquel e Girisho oferecem-nos um espetáculo de circo-teatro cheio de energia, adrenalina e ação. Uma performance muito visual e esteticamente brilhante, que combina trapézio, corda e hula hoops com humor e amor”.

Às 22h00, os “Human’Art + Waves of YouthLove Flames”, de Portugal, apresentam “Love Flames”, no Jardim da República e Convento de S. Francisco, integrado no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude.

A Calçada 66 (junto ao W Shopping, acolhe a Vídeo-Instalação “Arte Urbana”, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude. A Vídeo-Instalação Holográfica “Holoseno”, está patente até dia 12 de outubro, numa coprodução FITAIJ/ Miguel Canaverde, Pedro Mourinha e Francisco Camilo, IAS - residência artística na Incubadora d’Artes Santarém

A decorrer:

Até dia 13 de outubro, visite a Exposição “Chapéus Há Muitos – Exposição de Chapéus, Hatinators e Fascinators, de Luís Stoffel - Aderecista e Designer de Chapelaria, integrada no FITAIJ - Festival Internacional de Teatro e Artes para a Infância e Juventude, no W Shopping. A Mostra pode ser visitada das 10h00 às 22h00.

Luís Stoffel é natural de Santarém e desde criança que sempre mostrou talento pelos trabalhos de Artes Plásticas. No entanto, o gosto pela Dança falou mais alto.

Aos 4 anos, iniciou-se no Grupo Académico e Infantil de Danças Ribatejanas de Santarém. Anos mais tarde, iniciou a sua formação em Dança na FMH - Faculdade de Motricidade Humana, na Companhia de Dança de Lisboa e na Universidade de Marly Le Roi em Paris.

Depois de muitos anos de dedicação à Dança a dar aulas, formações e em espetáculos no Algarve e em todo o país em geral, em 2002 inicia a sua atividade profissional como aderecista "autodidata" no Teatro Politeama em Lisboa.

Logo após o seu primeiro grande trabalho no musical " My Fair Lady ", encenado por Filipe La Féria, foi reconhecido devido ao seu trabalho na área da Chapelaria e convidado pelo mesmo, para trabalhar no Teatro Politeama.

Desde então, tem trabalhado como Aderecista e " Millinery " em todas as produções de Filipe La Féria, assim como, com outros Encenadores, Figurinistas, Estilistas e também na área da Moda, tanto em produções editoriais como em desfiles, sendo reconhecido e destacado pela revista Vogue como o melhor Designer português na área da Chapelaria.

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Bibliográfica “As Artes”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, patente de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

As Artes, é uma expressão que designa manifestações artísticas que podem ser de ordem estética ou comunicativa e numa grande variedade como: a escultura, a pintura, arquitetura, desenho, música, dança, escrita, teatro e cinema.

As artes nos dias de hoje desfrutam de uma ampla difusão e preservação do legado artístico da humanidade ao longo da sua História e são uma parte da cultura que atrai e envolve a sociedade civil e que nos permite a todos viver e experienciar outras dimensões da vida quotidiana.

Até dia 31 de outubro, está patente Mostra Bibliográfica “Dia Mundial da Alimentação”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

O Dia Mundial da Alimentação é uma data que visa alertar e sensibilizar a população para o problema mundial que afeta aqueles que sofrem com a fome, e ainda apelar à garantia da segurança alimentar com uma dieta nutritiva para todos.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação registou em 2018 que 820 milhões de pessoas passam fome no mundo, sendo que 155 milhões são crianças que sofrem de subnutrição crónica.

Até dia 31 de outubro, visite a Mostra Documental “Falam documentos de outras eras”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

Registo da carta de nomia-|ção de Professora de ensino| de Meninas nesta Vila D. Maria do Patrocinio de| Lemos e Aragão.

Dona Maria por Graça de Deos, e pela Consti-|tuição da Monarquia, Rainha de Portugal, e Algar-|ves e seus domínios = Faço Saber aos que esta mi- |nha Carta virem Que Hei por bem, confirman-|do-me com a Proposta do Concelho Geral Derector do ensino Primario e Secundario, Fazer | Mercê de Nomiar para Mestre Proprietaria | e Vitalicia da Escola de Educação de Meninas| da Vila de Santarem (…). Pelo que orde-|no ao Administrador Gera d’aquele Distri-|cto de Santarem, que sendo-lhe presente| esta Carta selada com o Selo da Cauza Pu-|blica defira o competente juramento á| dita Dona Maria do Patrocinio de| Lemos e Aragão, ou quem para eSse acto|estiver munido de Ligitima procuração, | e lhe faça dar poSse do seu Cargo pelo Adme-|nistrador do respectivo Concelho, deixando-lhe servir| e executar, na conformidade da Lei de 19-08-1837.

(Estabelece o regimento da recolha da Décima e impostos anexos).

Carta referendada pelo ministro e secretario de Estado dos Negócios do Reino, e selada com o selo das armas reais. Paço das Necessidades, 24 de outubro de mil oitocentos e quarenta. Assinam, a rainha e Rodrigo Fonseca Magalhães.

Em consequência da expulsão dos Jesuítas, que possuíam o exclusivo do ensino escolar e desatualizado, Portugal foi detentor de várias reformas, entre elas, as do ensino. Levadas a cabo pelo então ministro de D. José I (Sebastião José de Carvalho e Melo/Marquês de Pombal). Porém, como forma de sustentabilidade do pagamento das remunerações dos professores, foi criado o Subsídio Literário, pelo Alvará de 28 de junho 1759. Mantendo-se por longo tempo. Manda a rainha D. Maria II, pela Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda, que o tesouro Público Nacional satisfaça com brevidade as seguintes questões: qual o rendimento efetivo do rendimento da Décima; das Terças e do Subsidio Literário, dos Concelhos do Continente e das Ilhas dos Açores e Madeira. Paço das Necessidade, 18 de fevereiro de 1837. Assina, José da Silva Passos.

Até dia 30 de dezembro, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Destaque trimestral para uma obra da autoria de Francisco de Almada: “Casario”, Serigrafia a cores s/ papel, 1983.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Até dia 24 de dezembro, visite a Exposição “Urbanidade: 150 anos de elevação a cidade”, na Casa do Brasil. A Mostra pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30 (encerra: domingos, segundas e feriados).

Nos últimos 150 anos Santarém procurou acertar o passo com outras cidades médias, no intuito de se afirmar como capital de distrito. Fortemente afetada pelas invasões francesas e pelas lutas liberais, foi-se modernizando ao sabor das novidades comerciais, artísticas, arquitetónicas e culturais do país e do mundo.

Com recurso a objetos, imagens e filmes, a exposição Urbanidade procura explorar as principais conquistas da jovem cidade, nos domínios do abastecimento e do saneamento público, dos transportes e comunicações, da cultura e do desporto, do ordenamento do território e do urbanismo, da educação e da saúde, dos espaços verdes e equipamentos coletivos e da defesa, segurança e proteção civil, recriando ambiências de um passado ainda bem presente na memória dos seus habitantes, lançando as bases para uma reflexão do seu futuro coletivo.

Até 24 de dezembro, visite a Exposição ‘Urbanidade - 150 anos de Elevação de Santarém a Cidade (1868-2018)’, em várias ruas, praças e largos de Santarém. A mostra pode ser vista em diferentes pontos do planalto, onde várias telas apresentam a evolução da terra através de imagens acompanhadas por pequenos textos explicativos. A exposição divide-se em duas partes, a segunda encontra-se na Casa do Brasil - Casa Pedro Álvares Cabral, onde a cerca de 300 fotos se juntam objetos e filmes que mostram as principais conquistas da jovem cidade, desde a cultura e do desporto, educação e saúde, ao abastecimento e saneamento público, dos transportes e comunicações, até ao urbanismo, dos espaços verdes ou aos quarteis militares.

Em permanência:

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

No Núcleo Museológico do Tempo encontra-se em exposição temporária um relógio de mesa, do início do século XX, em terracota policromada, representando duas crianças. Este relógio é proveniente da coleção de relojoaria do Museu Municipal de Santarém e está patente até 31 de agosto de 2019.

Sujeito a marcação através dos contatos: tel. 243 377 290 / 912 578 970

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h15 e das 14h00 às 17h15. Contato: tel.- 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scallabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 250

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 243 304 613

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 400

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Obras e Projetos

    243 304 241 243 304 297

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

    Seg, Qua e Sex: 09h30 às 12h30

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 628

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Bombeiros Municipais de Santarém

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 321 183

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Bombeiros Municipais de Santarém

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300

     

×

Reino de Natal