Eventos
Viver Santarém
 
Viver Santarém
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Museu Municipal

 

 

 

Águas de Santarém

 

 

 
MEO Autarquias
 
 
Caminhos de Fátima
 
 
Recursos Humanos
 
 
Eventos
2016-05-05  -  2016-05-05
 
Associação Internacional de Estudos Sobre o Pensar apresenta-se em Santarém
 

associação internacional de estudos

05 mai. | Apresentação

Associação Internacional de Estudos Sobre o Pensar apresenta-se em Santarém


O Auditório da Casa de Portugal e de Camões recebe a apresentação da AIESP: Associação Internacional de Estudos Sobre o Pensar. Instituição cujos intentos se relacionam com a construção mental que sustenta a convicção de que “a teoria emerge diretamente da prática”.

Digamos, numa síntese conceptual, que os fundamentos epistemológicos desta ideia assentam na arquitetura conceptual dos conceitos de “Pré-reconhecer”, “Extensibilidade de Si” e “Sinapses Sociais” organizados em função do que apelidamos de “Renomeação de Experiências vividas”. Todos eles ligados à forma como o homem se relaciona com o Mundo, em função do corpo que tem, das suas perceções, do cérebro que possui, da forma como dentro de si se organiza o Eu, da mente que dentro (e em torno de si), se vai construindo e, por extensão, do modo como, afinal, participa do Ser.

A apresentação pública da novel associação, que pretende, assim, refletir sobre o pensar (ou, se quisermos, "pensar o pensar"), inclui uma mesa redonda em que, para dos respetivos organizadores, conta com o investigador e arqueólogo Luíz Oosterbeek e o astrónomo Máximo Ferreira.

Horário: 18h00

Local: Auditório da Casa de Portugal e de Camões

 
Auditório da Casa de Portugal e de Camões
 
 
2016-05-05  -  2016-05-05
 
Cinema | Estreia Nacional de “Axilas”
 

cinema Axilas

05 mai. | Cinema

Estreia Nacional de “Axilas”

 

Lázaro de Jesus é o filho adotado de uma senhora rica de Lisboa, a quem chama Avó. É ela que o apresenta ao Padrinho, um grande empresário que o toma como seu protegido, e a Angelina, a mulher com quem a Avó pretende que ele se case. Mas Lázaro tem outros interesses ocultos, o mais importante dos quais é uma fixação obsessiva pelas axilas femininas. Quando vê a violinista Maria Pia a tocar, Lázaro apaixona-se de imediato e passa a viver em função dela, o que irá precipitar um final absolutamente imprevisível.

“Será um conto do absurdo, insólito a tal ponto que vai fazer rir a partir da matéria de que são compostos acontecimentos pelos quais se chora, embora se saiba que a morte vive dentro de nós desencadeando-se, as mais das vezes, quando por ela não se espera.”

Assim escreveu José Fonseca e Costa na nota de intenções para este filme em fevereiro de 2015. Axilas, escrito livremente a partir de um conto do escritor brasileiro Rubem Fonseca, é o derradeiro filme de José Fonseca e Costa. A morte surpreendeu-o durante a rodagem e coube a Paulo Milhomens terminar o filme.

Título original: Axilas | De: José Fonseca e Costa | Com: Pedro Lacerda, Elisa Lisboa, Maria da Rocha, André Gomes, Paula Guedes, Rui Morrison | Género: Drama | Outros dados: Por, 2016, Cores.

(Cinema) (Duração) 90’ (Classificação) M/12 (Preço) 4€ / 2€ Sócios Cineclube Santarém

Org. Cineclube de Santarém | Mais informações em: http://cineclubesantarem.wordpress.com

Horário: 21h30

Local: Teatro Sá da Bandeira

logo

 
Teatro Sá da Bandeira
 
 
2016-05-06  -  2016-05-06
 
Noite no País das Maravilhas
 

noite no país das maravilhas

06 mai. | Fantasia

Noite no País das Maravilhas

 

Uma noite muito especial onde os filhos podem trazer os pais de mãos dadas e assim entrar no nosso País das Maravilhas. Esta é a noite em que pais e filhos vivem juntos a magia da noite no Aqui há Gato!

(Duração) 90’ (Classificação) a partir dos 4 anos (Preço) 30 € 1 criança + 1 adulto / 45€ 2 crianças + 1 adulto (Marcação prévia)

Nota: inscrições limitadas para o e-mail livraria.aquihagato@gmail.com

Horário: 21h30 às 23h00

Local: Livraria Aqui Há Gato

 
Livraria Aqui Há Gato
 
 
2016-05-07  -  2016-05-14
 
II Ciclo Criação & Linguagem
 

II Ciclo de criação

07 a 14 mai.

II Ciclo Criação & Linguagem

 

Idealizado por Pedro Barreiro e Rui Lopes, este ciclo pretende ser um encontro de artistas, pensadores e espetadores; uma ocasião para conversar a criação e a linguagem de trabalhos próprios ou de outros, decorrendo destas conversas algumas apresentações públicas.

Em cada edição, serão convidadas seis pessoas de vários campos da arte para virem ao Teatro Sá da Bandeira. Cada uma destas pessoas convidará uma outra, com a qual dialogará, de forma livre, sobre tópicos comuns inerentes à criação artística e às suas linguagens.

Em Novembro de 2015, na primeira edição deste ciclo, reuniram-se em Santarém artistas e pensadores como Manuel João Vieira, Fernando Brito, Rui Catalão, Joana Sousa, Rui Tavares, Ricardo Araújo Pereira, Celso Martins, Luís Miguel Oliveira, João Pedro George e Luísa Costa Gomes, entre outros.

Nesta segunda edição, que acontecerá de 7 a 14 de maio de 2016, estarão presentes, no Teatro Sá da Bandeira, Sónia Baptista, Paula Sá Nogueira, Carla Oliveira, André Letria, Ricardo Henriques, João dos Santos Martins, João Fiadeiro, Valter Vinagre, Filipe Raposo, Jorge Bruto, Nuno Calado, Maria Sequeira Mendes e André Godinho.

 

07 mai. | Conversas

 

Sónia Baptista convida Paula Sá Nogueira

Sónia Baptista e Paula Sá Nogueira falam da linguagem poética como linguagem performativa. A rima é má ou recomenda-se? E na interpretação do texto, o que é que se faz com as vírgulas? O intérprete deve sempre ter a melhor das intenções mesmo quando o texto é mal intencionado? O que faz o corpo com as palavras? Ou o contrário? E é mesmo importante ser mulher, para criar melhor?

Sónia Baptista, é mestra em Coreografia e Performance pela Universidade de Roehampton, em Londres. No conjunto da sua obra, explora e experimenta com as linguagens da Performance, Dança, Música, Literatura, Teatro e Vídeo. Paula Sá Nogueira acredita em grupos, fundou e trabalha no Cão Solteiro desde 97. Por defeito de família está-se nas tintas para as Bios. Respira em Portugal. O trabalho da Sónia Baptista desintoxica-a.

 

Carla Oliveira convida André Letria e Ricardo Henriques

Livros para mini leitores - Trio dinâmico: editora x ilustrador x escritor

Capa, contracapa, lombada, miolo, página de rosto e falsa página, orelha, fitilho, tipos, cabeças e capitulares, que palavras são estas? Da ideia ao papel, do texto à ilustração ou vice-versa, do desenho sem som à história desenhada, de que falamos quando falamos de livro-criação? E de encadernação?

O trio dinâmico conta com miúdos e graúdos para coser, moer e roer esta conversa.

Público-alvo: maiores de 6 anos e famílias.

Inauguração de exposição e sessão de autógrafos no final.

Carla Oliveira fundou as edições Orfeu Negro em 2007. Formada em Línguas e Literaturas Modernas, pela Universidade Nova de Lisboa, iniciou o seu percurso profissional como tradutora e dedicou-se mais tarde à produção editorial na Antígona, a par da gestão e produção de espetáculos nas áreas da música e da dança. Atualmente está dedicada às edições Orfeu Negro. André Letria é ilustrador desde 1992 e criou em 2010 o Pato Lógico, "animal editorial que faz livros (ilustrados) com pernas para andar e asas para voar". Recebeu já vários prémios, designadamente o Prémio Gulbenkian, o Prémio Nacional de Ilustração e outros prémios internacionais. Ricardo Henriques é copywriter free lancer e autor. Entre as múltiplas artes a que se dedica, conta-se o design gráfico, a ilustração, a redação publicitária e a escrita para imprensa. Em 2012, lançou, com André Letria, o livro “Mar”, transformado numa exposição para a Feira Internacional do Livro de Bogotá 2013 e premiado na Feira Livro Infantil de Bolonha 2014.

 

(Conversa) (Duração cada conversa) 60’ (Preço mínimo) 1€ p/conversa

Horário: 16h00 e 17h30

 

7, 8 e 14 mai.

Feira do Livro

 

Feira do Livro no contexto do II Ciclo Criação e Linguagem com a presença de várias editoras direcionadas para o público infantojuvenil como Kalandraka, Planeta Tangerina, Bruaá, Margarida Botelho, Orfeu Mini e Prodidático.

Estarão também disponíveis alguns títulos da Antígona e da coleção de ensaios da Orfeu Negro.

Horário: das 15h00 às 19h00 e das 20h30 às 23h00

 

07 mai. | Sessão de Autógrafos

André Letria e Ricardo Henriques

 

O ilustrador André Letria e o escritor Ricardo Henriques estarão presentes na Feira do Livro do Teatro Sá da Bandeira para uma sessão de autógrafos dos seus atividários para crianças Mar e Teatro. Os mais bonitos autógrafos desenhados pela dupla de criadores André Letria & Ricardo Henriques.

Entrada livre

Horário: 19h00

Local: Bar-galeria

 

07 mai. | Performance

In the fall the fox, E na queda raposar

 

Proposta de Sónia Baptista e Paula Sá Nogueira

In the fall the fox, E na queda raposar é uma Performance, de Sónia Baptista, em que a dimensão política e emocional da representação da identidade de uma pessoa, mulher, bicho, é revelada, analisada, procurada através de uma narrativa dramatúrgica pessoal, ou de uma nota biográfica que cristalizou um momento autobiográfico no tempo e o reconta, vulnerável. Narrativa patética de ambiguidades, enganos e desenganos. Tentativa de clarear o que se obscureceu por terceiros ou se toldou com segundas intenções. Primeiro, límpido se quer o olhar. 

(Performance) (Classificação) M/12 (Duração) 60’ (Preço) 5€ / 3€ (mediante apresentação de bilhete da conversa associada)

Horário: 21h30

 

07 a 14 mai. | Exposição

“Cachimbos e Cartas de Amor”

 

Exposição de Catarina Sobral

Proposta de Carla Oliveira

Enquanto o Senhor Vazio passa o dia em busca de algo que o preencha, O Meu Avô escreve ridículas cartas de amor durante horas a fio. Mas um dia, os pontos decretam Greve. E é um deus-nos-acuda. Até que alguém se lembra de uma palavra muito antiga e já esquecida. Achimpa!

Numa reflexão subtil sobre a linguagem, o tempo e os afetos, as imagens de Catarina Sobral transportam-nos para um universo muito peculiar, composto por palavras misteriosas e inúmeras cartas de amor, disfarçadas de ilustrações e endereçadas a artistas vários, como James Joyce, Fernando Pessoa, Édouard Manet, Jacques Tati e Charlie Chaplin.

Catarina Sobral é reconhecida como um dos maiores talentos da ilustração nacional. O seu álbum de estreia, “Greve”, recebeu uma menção especial do Prémio Nacional de Ilustração 2011, e “Achimpa”, o seu segundo livro, foi distinguido, em 2013, pela Sociedade Portuguesa de Autores, como Melhor Livro Infantojuvenil. Em 2014, chegou a vez do reconhecimento internacional. “O meu Avô”, terceiro livro da autora/ilustradora, conquistou o reputado júri da Feira do Livro Infantil de Bolonha, que lhe atribuiu por unanimidade o Prémio Internacional de Ilustração.

Inauguração dia 07 após conversa – Livros para Mini leitores

Breve visita guiada à exposição pela editora Carla Oliveira. Dos livros “Greve” a “Vazio”. Manchas, colagens, pincéis e materiais riscadores.

(Exposição no Bar-galeria) (Entrada livre)

Horário: quarta-feira a sábado das 16h00 às 19h00

 

07 a 31 mai. | Exposição

“Desenhos” de Jorge Feijão

 

Proposta de Valter Vinagre

Jorge Feijão, Sarcelles (França), 1971. Licenciado em Artes Plásticas na ESAD.CR, docente nesta escola entre 2003 e 2006; vive e trabalha nas Caldas da Rainha.

Primeira exposição individual em 2004 na Sala do Veado, Museu Nacional de História Natural, Lisboa. Participa regularmente em exposições coletivas desde 1991. Prémio Internacional Amadeo de Souza-Cardoso/ Aquisição Taminvest SGPS, 2007.

Representado nas seguintes coleções: Fundação Edp; Fundação Ilídio Pinho; Fundação PLMJ; AIP (Associação Industrial Portuguesa); Taminvest SGPS; Fundação D. Luis I; Centro Cultural Raiano, CCC das Caldas da Rainha; Coleção Municipal das Caldas da Rainha.

(Exposição no Bar-galeria) (Entrada livre)

Horário: quarta-feira a sábado das 16h00 às 19h00

 

08 mai. | Conversas

 

João dos Santos Martins convida João Fiadeiro

“Num momento em que se continua a anunciar o fim da arte, a preceito do pós-mundo, do pós-história, do pós-técnica, e de outros pós, convido o João Fiadeiro, artista cujo trabalho mais se tem focado na convocação de um regime ético para a arte, a conversar sobre o que está por vir, os desafios do discurso coreográfico, a sustentabilidade da sua produção e prática, e sobre formas de vida ou desvida, ou não vida, em geral e em particular”. JDSM

João dos Santos Martins nasceu em Santarém em 1989. Estudou dança e coreografia em várias instituições europeias entre 2007 e 2011. Trabalha como coreógrafo e intérprete desde 2008 distribuindo a sua atividade em diversas colaborações. João Fiadeiro (1965) é coreógrafo, performer, professor e investigador. Pertence à geração de coreógrafos que emergiu no final da década de oitenta em Portugal e que deu origem à Nova Dança Portuguesa.

 

Valter Vinagre convida Filipe Raposo

Esta conversa tem como título "Quatro sentidos” e partirá da ideia de transversalidade nos processos criativos de Valter Vinagre e Filipe Raposo.

Valter Vinagre nasceu em Avelãs de Caminho, em 1954, no concelho de Anadia. Estudou fotografia no AR.CO – Centro de Arte e Comunicação Visual, (1986 – 1989) em Lisboa. Iniciou o seu percurso em finais dos anos 1980, realizando exposições individuais e participando em mostras e iniciativas de cariz colectivo. Filipe Raposo nasceu em Lisboa 1979. Mestrado em piano jazz performance pelo Royal College of Music – Estocolmo. Licenciatura em Composição pela Escola Superior de Música de Lisboa. Desde 2004 que trabalha como pianista / compositor / orquestrador com muitos nomes da música e do cinema Português.

(Conversa) (Duração cada conversa) 60’ (Preço mínimo) 1€ p/conversa

Horário: 16h00 e 17h30

 

08 mai. | Conferência-performance-exposição

 

Dança da Crise ou talvez ele pudesse pensar primeiro e dançar depois

ou como fazer coisas sem dança ou oldschool#40

de e por João dos Santos Martins

(Conferência-Performance-Exposição) (Classificação) M/12 (Duração) 60’ (Preço) 5€ / 3€ (mediante apresentação de bilhete da conversa associada)

Horário: 21h30

 

11 mai. | Cinema

Filmes de André Godinho

 

La Chambre Jaune (2012) 27'

Um quarto vazio. Uma atriz. O que é preciso para fazer um filme? Um argumentista que escreve. Um filme que passa numa televisão. Boy meets Girl. Um encontro entre dois atores. O que se vê de uma janela falsa? Um cenário num estúdio. Um diretor de fotografia. Uma estrela de cinema. Um argumento. Quando é que um filme acaba? Um realizador. Uma câmara.

 

Ponto Morto (2014) 33'

Um jovem casal parte de férias. Na estrada encontram uma mulher morta num acidente de carro. O casal não é assim tão jovem. São atores de um filme.

Dois assistentes de produção tentam ir para casa, mas todos os caminhos parecem levar ao mesmo sítio: O décor, onde encontram uma mulher morta a andar.

 

Fim da Fita (2014) 24'

Em Fevereiro de 2014 o Cão Solteiro & André Godinho apresentaram o espetáculo de teatro Day for Night onde transformaram o palco da Culturgest num estúdio de cinema. A ação teatral, interpretada por atores e técnicos de cinema, consistia na rodagem de um filme: Fim da Fita.

O filme foi escrito em função de uma construção dramatúrgica que servia o espetáculo, mas foi também pensado como um objeto totalmente independente e que não deve ser visto como um complemento à peça de teatro.

No espetáculo assistia-se a um diálogo entre os territórios do cinema e do teatro, sobretudo entre efeito de realidade do primeiro e o artificialismo do segundo.

O filme questiona o lado perene do cinema, em contraste com a efemeridade do teatro, através da história de uma atriz que se interroga sobre o filme que está a fazer.

 

Apoio à divulgação: Cineclube de Santarém

(Cinema) (Classificação) M/12 (Duração) 90’ (Preço) 2€

Horário: 21h30

 

14 mai. | Conversas

 

Jorge Bruto convida Nuno Calado

Jorge Bruto conversa com Nuno Calado sobre Rock'n'Roll

Jorge Bruto é uma lenda viva do rock português. Vocalista de duas bandas de culto que marcaram o panorama musical português nos anos 80 e 90, Emílio e a Tribo do Rum e Capitão Fantasma. Nuno Calado é locutor e produtor de rádio na Antena 3. Criador do programa Indiegente participou ainda em diversos programas, como o Rádio Clube ou o MP3.

 

Maria Sequeira Mendes convida André Godinho

“Nesta conversa vamos falar sobre três filmes de André Godinho (La Chambre Jaune, Ponto Morto e Fim da Fita), o que implica pensar em coisas como 1) se o cinema pode ser não narrativo, 2) o que seria um não filme e 3) como se faz um filme dentro de uma peça de teatro e que tipo de objeto é esse.”

Maria Sequeira Mendes desenvolve atividade como docente no curso de Teatro da ESTC (Escola Superior de Teatro e Cinema) e colabora com a companhia Teatro Cão Solteiro. Realizou o mestrado na Universidade de Lisboa, no Programa em Teoria da Literatura. Concluiu o Doutoramento na mesma faculdade, escrevendo sobre Shakespeare, ordálias medievais e modos de tortura.

André Godinho (1979, Lisboa) estudou na E.S.T.C., onde realizou “6 Minutos” que recebeu o prémio Jovem Cineasta no Curtas Vila do Conde’02 e fez o Curso de Documentários Les Ateliers Varan, na F.C. Gulbenkian. Trabalha regularmente com as companhias Teatro Praga e Cão Solteiro.

(Conversas) (Duração cada conversa) 60’ (Preço mínimo) 1€ p/conversa

Horário: 16h00 e 17h30

 

14 mai. | Workshop

Irreverência por Jorge Bruto

 

O que é a irreverência? Como se aprende? Todos podem ser irreverentes?

Sozinho, em palco, Jorge Bruto disserta sobre a irreverência e propõe um workshop para ensinar a ser irreverente.

(Workshop) (Duração) 60’ (Classificação) M/16 (Preço) 5€ / 3€ (mediante apresentação de bilhete da conversa associada)

Horário: 21h30

 

Local: Teatro Sá da Bandeira

 
Teatro Sá da Bandeira
 
 
2016-05-07  -  2016-05-28
 
Hora do Conto
 

Hora do Conto

7, 14, 21 e 28 mai. | Histórias

Hora do Conto

 

As histórias ocupam o lugar principal na nossa Hora do Conto aos sábados.

(Duração) 30’ (Classificação) dos 0 aos 80! (Entrada livre)

Horário: 11h30 e 16h00

Local: Livraria Aqui Há Gato

 
Livraria Aqui Há Gato
 
 
2016-05-07  -  2016-05-28
 
Oficinas de Arte - Plástico
 

oficinas de arte

7, 14, 21 e 28 mai. | Oficinas de Expressão Plástica

Oficinas de Arte - Plástico

 

Este mês o material eleito é o Plástico, um material de desperdício poluente que, afinal, pode ser reaproveitado e usado em diversas aplicações. Vamos ver o que podemos descobrir!

O artista que recebemos no dia 7 de maio é a Patrícia Martins (Designer)!

Ver programa específico em www.aquihagato.org

(Duração) 60’ (Classificação) M/4 (Preço) 6€

Horário: 12h00 e 16h30

Local: Livraria Aqui Há Gato

 
Livraria Aqui Há Gato
 
 
2016-05-07  -  2016-05-07
 
1º Mercado Saberes e Sabores da Velha
 

mercado saberes e sabores

07 mai. | Mostra

1º Mercado Saberes e Sabores da Velha

 

Vai ter lugar, na Sociedade Recreativa e Filarmónica Pernense – Música Velha, o 1º Mercado Saberes e Sabores da Velha com uma mostra de artesanato, gastronomia e produtos locais.

(Entrada livre)

Horário: das 10h00 às 19h00

Local: Pernes

 
Pernes
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fale Connosco
Fale Connosco
 
 
 
 
 
 

Início

inalentejo

QREN

UE-FEDER