Ir para o conteúdo
  MENU

Município de Santarém

Página principal

Aproveite o que Santarém tem para lhe oferecer este fim de semana

quinta-feira:

Esta quinta-feira, dia 6 de junho, às 15h00, assista ao Espetáculo de Teatro/Música “Para Vós”, no Teatro Sá da Bandeira - TSB. Bilhetes à venda no TSB, BOL, Worten, FNAC e CTT. Mais informações através do e-mail

“Para vós” é um espetáculo sobre memória. Sobre as memórias das avós e as memórias de Cláudia Andrade sobre as suas avós. É também uma homenagem às mulheres. “Para vós” é um solo, sem que o seja realmente. Porque, na sua interpretação, Cláudia Andrade não está completamente sozinha. Em cena estão também oito mulheres, que funcionam como um coro, ao jeito da tragédia clássica.

Na interpretação de “Para Vós”, Cláudia Andrade, que assume, igualmente, a criação e direção artística do espetáculo, é acompanhada em cena por sete mulheres da comunidade Scalabitana, algumas alunas da disciplina de Teatro da UTIS – Universidade de Terceira Idade de Santarém: Ana Bela Bentinho, Ana Paula Miranda, Fátima Venceslau, Gué, Inês Cunha, Conceição Resende e Margarida Loureiro.

As suas vozes e as suas memórias, juntam-se às da criadora, em resultado de um processo de residência que se renova a cada apresentação do espetáculo.

Para os meus avós. Mais especificamente sobre as minhas avós. Para todos os avós ou para todos nós, que um dia, talvez, seremos também avós. Para os avós dos meus filhos (como seria o mundo se tivéssemos crescido todos sem avós?) Para a voz. Para a minha voz. Que se lance, que se solte, e talvez em alguma primavera, floresça. Para as vozes que se não falam agora serão, talvez, esquecidas para todo sempre.

Para Vós é um solo coral sobre o lugar onde vivem as memórias. É um espectáculo sobre raízes. Sobre a voz humana que é ancestral. Sobre histórias de outros tempos que não estão escritas nos livros, mas semienterradas em algum lugar recôndito da nossa memória. Sobre o que é intemporal.

Sobre os mistérios do sangue. Este é um espectáculo sobre os meandros da memória. Sobre as memórias das minhas avós ou mais exatamente sobre a minha memória das memórias delas.

Cláudia Andrade, diplomada em Interpretação/Teatro do Gesto pela Escola Estudis de Teatre (Barcelona), e mestre em Teatro e Comunidade pela ESTC (Escola Superior de Teatro e Cinema). Trabalha como actriz desde 1993 em diversos projetos com o Teatro do Vestido, Útero, Teatro Meridional, Teatro da Cornucópia, o Trigo Limpo teatro ACERT, companhia da Esquina, Quarto Período-o-do-Prazer, o Teatro do Morcego, o Théâtre de la Mezzanine, Cia Jordi Bertrán, Próxima Estação, Companhia Limitada, entre outros. Teve formação com Teodoros Terzopoulos, Marcia Haufrecht, Neville Tranter, Norman Taylor, Alain Gautré, Philippe Gaulier, Christophe Marchand, Claire Heggen e Monika Pagneux em diversas áreas como movimento, clown, bufão, manipulação de marionetes, canto e dança aérea.

Colaborou e concebeu vários projetos para o serviço educativo do CCB, do Teatro Maria Matos e Culturgest, tendo desenvolvido vários projectos na área de teatro comunitário, como é o caso de Um Elo chamado Jarmelo (com as populações do Jarmelo), Cientistas ao Palco (integrado na European Researchers’ Night), Inesquecível Emília (no Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo) e Guardadores (Teatro Municipal da Guarda). Tendo também participado num intercâmbio artístico com o grupo de teatro comunitário Pompapeytriasos (Buenos Aires, Argentina).

É autora do livro “Coro: Corpo Colectivo e Espaço Poético - Interseções entre o teatro grego antigo e o teatro comunitário”, editado pela Imprensa de Coimbra (2013) e autora do capítulo “Coro e Teatro Comunitário – Em busca de um corpo colectivo e de um espaço poético" integrado na obra "Arte e Comunidade", editado pela Fundação Calouste Gulbenkian (2015).

Criação e direção artística Claudia Andrade | Interpretação Claudia Andrade e 7 séniores | Apoio à Encenação Montse Bonet | Apoio à Dramaturgia Joana Bértholo | Direção de Produção São Correia | Vídeo e Registo Fotográfico Patrícia Poção | Direção técnica Cláudia Rodrigues | Assistência artística Mafalda Alexandre | Banda Sonora Fernando Mota | Consultoria Técnica Pedro Fonseca | Figurinos Ruy Malheiro | Design gráfico Silvia Franco | Produção A Caravana Associação Cultural | Co-produção Centro de Arte de Ovar, Companhia de Actores, Centro de Artes de Águeda, Centro Cultural/ Município de Lagos, Centro das Artes e do espectáculo de Sever do Vouga.


Teatro/Música | Classificação Etária: M/12 | Duração: 01h15 | Preço: 2€
criança; 5€ adulto | Descontos escolas mediante escalão; famílias – gratuito para crianças se acompanhados por 2 adultos

sexta-feira:

Esta sexta-feira, dia 7 de junho, tem lugar a 5.ª edição do Encontro Científico da Unidade de Investigação & Desenvolvimento do ISLA, no Auditório do Novo Pólo do ISLA Santarém (Edifício dos CTT). Esta iniciativa que se realiza, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, destina-se a promover a investigação científica a nível nacional e internacional, sobretudo no meio académico.

Este Encontro Científico constitui um espaço de partilha e de reflexão sobre a investigação desenvolvida no domínio das seguintes áreas: Gestão, Marketing e Turismo; Informação e Tecnologia e Segurança e Saúde no Trabalho.

O Encontro Científico é um palco privilegiado de networking científico e académico que vai permitir aos participantes e investigadores atualizar e adquirir novos conhecimentos, com a presença de cerca de 25 comunicações de referência.

O ISLA Santarém convida, desde já, todos os interessados a participar no V Encontro Científico! O evento é aberto ao público em geral.

Inscrições:

Às 21h30, assista ao Espetáculo de Teatro/Música “Para Vós”, no Teatro Sá da Bandeira - TSB. Bilhetes à venda no TSB, BOL, Worten, FNAC e CTT. Mais informações através do e-mail

“Para vós” é um espetáculo sobre memória. Sobre as memórias das avós e as memórias de Cláudia Andrade sobre as suas avós. É também uma homenagem às mulheres. “Para vós” é um solo, sem que o seja realmente. Porque, na sua interpretação, Cláudia Andrade não está completamente sozinha. Em cena estão também oito mulheres, que funcionam como um coro, ao jeito da tragédia clássica.

Na interpretação de “Para Vós”, Cláudia Andrade, que assume, igualmente, a criação e direção artística do espetáculo, é acompanhada em cena por sete mulheres da comunidade Scalabitana, algumas alunas da disciplina de Teatro da UTIS – Universidade de Terceira Idade de Santarém: Ana Bela Bentinho, Ana Paula Miranda, Fátima Venceslau, Gué, Inês Cunha, Conceição Resende e Margarida Loureiro.

As suas vozes e as suas memórias, juntam-se às da criadora, em resultado de um processo de residência que se renova a cada apresentação do espetáculo.

Para os meus avós. Mais especificamente sobre as minhas avós. Para todos os avós ou para todos nós, que um dia, talvez, seremos também avós. Para os avós dos meus filhos (como seria o mundo se tivéssemos crescido todos sem avós?) Para a voz. Para a minha voz. Que se lance, que se solte, e talvez em alguma primavera, floresça. Para as vozes que se não falam agora serão, talvez, esquecidas para todo sempre. Para Vós é um solo coral sobre o lugar onde vivem as memórias. É um espectáculo sobre raízes. Sobre a voz humana que é ancestral. Sobre histórias de outros tempos que não estão escritas nos livros, mas semienterradas em algum lugar recôndito da nossa memória. Sobre o que é intemporal. Sobre os mistérios do sangue.

Este é um espectáculo sobre os meandros da memória. Sobre as memórias das minhas avós ou mais exatamente sobre a minha memória das memórias delas. Cláudia Andrade, diplomada em Interpretação/Teatro do Gesto pela Escola Estudis de Teatre (Barcelona), e mestre em Teatro e Comunidade pela ESTC (Escola Superior de Teatro e Cinema). Trabalha como actriz desde 1993 em diversos projetos com o Teatro do Vestido, Útero, Teatro Meridional, Teatro da Cornucópia, o Trigo Limpo teatro ACERT, companhia da Esquina, Quarto Período-o-do-Prazer, o Teatro do Morcego, o Théâtre de la Mezzanine, Cia Jordi Bertrán, Próxima Estação, Companhia Limitada, entre outros. Teve formação com Teodoros Terzopoulos, Marcia Haufrecht, Neville Tranter, Norman Taylor, Alain Gautré, Philippe Gaulier, Christophe Marchand, Claire Heggen e Monika Pagneux em diversas áreas como movimento, clown, bufão, manipulação de marionetes, canto e dança aérea.

Colaborou e concebeu vários projetos para o serviço educativo do CCB, do Teatro Maria Matos e Culturgest, tendo desenvolvido vários projectos na área de teatro comunitário, como é o caso de Um Elo chamado Jarmelo (com as populações do Jarmelo), Cientistas ao Palco (integrado na European Researchers’ Night), Inesquecível Emília (no Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo) e Guardadores (Teatro Municipal da Guarda). Tendo também participado num intercâmbio artístico com o grupo de teatro comunitário Pompapeytriasos (Buenos Aires, Argentina).

É autora do livro “Coro: Corpo Colectivo e Espaço Poético - Interseções entre o teatro grego antigo e o teatro comunitário”, editado pela Imprensa de Coimbra (2013) e autora do capítulo “Coro e Teatro Comunitário – Em busca de um corpo colectivo e de um espaço poético" integrado na obra "Arte e Comunidade", editado pela Fundação Calouste Gulbenkian (2015).

Criação e direção artística Claudia Andrade | Interpretação Claudia Andrade e 7 séniores | Apoio à Encenação Montse Bonet | Apoio à Dramaturgia Joana Bértholo | Direção de Produção São Correia | Vídeo e Registo Fotográfico Patrícia Poção | Direção técnica Cláudia Rodrigues | Assistência artística Mafalda Alexandre | Banda Sonora Fernando Mota | Consultoria Técnica Pedro Fonseca | Figurinos Ruy Malheiro | Design gráfico Silvia Franco | Produção A Caravana Associação Cultural | Co-produção Centro de Arte de Ovar, Companhia de Actores, Centro de Artes de Águeda, Centro Cultural/ Município de Lagos, Centro das Artes e do espectáculo de Sever do Vouga.


Teatro/Música | Classificação Etária:
M/12 | Duração: 01h15 | Preço: 2€ criança; 5€ adulto | Descontos escolas mediante escalão; famílias – gratuito para crianças se acompanhados por 2 adultos

Às 22h00 têm início as comemorações do 39º Aniversário da Casa do Povo de Amiais de Baixo, com atuação a cargo de Dândi. A partir da 01h00, a música está a cargo do DJ K. Miranda.

sábado:

Este sábado, dia 8 de junho, prosseguem as comemorações do 39º Aniversário da Casa do Povo de Amiais de Baixo. Às 10h00, tem lugar a abertura de Bar e início dos Torneios: Becos (3X3) / Basquetebol (3X3) / Futevólei / FIFA. Pelas 14h00 , há Animação no Jardim com Insufláveis, Jogos Tradicionais, Bar, Petiscos e continuação das atividades desportivas.

A 56ª Feira Nacional de Agricultura/66ª Feira do Ribatejo tem início este sábado, no CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, com inauguração oficial às 12h00.

A “Vinha e o Vinho” são os temas desta edição que se realiza até dia 16 de junho.

O vinho é hoje um produto sofisticado, que envolve tecnologia na sua elaboração e adquiriu hoje um papel central na gastronomia moderna. É um produto que requer cada vez mais conhecimento e a escolha desta temática é uma oportunidade para proporcionar ao consumidor várias experiências nesta área.

A Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo é um ponto de encontro para a realização de grandes negócios e uma oportunidade para que marcas e empresas se destaquem neste sector. É a grande montra do mercado e representa o que de melhor se produz em Portugal contando com grande adesão dos principais operadores.

O evento conta com uma grande exposição de maquinaria agrícola e equipamentos que será um espaço privilegiado de promoção e de demonstração das mais recentes tecnologias.

A diversidade de expositores representando serviços, artigos comerciais, associações e cooperativas, artesanato ou a gastronomia permite cativar vários tipos de público.

Para o dia 13 de junho, Dia de Santarém na FNA - Feira Nacional da Agricultura, a Câmara de Santarém oferece bilhetes.

Levante já o seu acesso gratuito, até dia 12 de junho, no Posto de Turismo ou nas juntas de freguesia do Concelho, mediante apresentação do comprovativo de residência ou comprovativo em como trabalha no concelho de Santarém.

No dia 13 de junho, pode levantar o seu ingresso nas bilheteiras do CNEMA - Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, mediante apresentação da instalação da APP do Município de Santarém.

Seminários e Colóquios:

Várias representações de associações de agricultores internacionais vindas de Espanha, França, Grécia, Itália, diretores gerais de agricultura da Comissão Europeia, especialistas do setor, dirigentes associativos, entre outros, participam no conjunto de seminários e colóquios técnicos, denominados “Conversas de Agricultura”.

Atividades Equestres em destaque na Feira Nacional de Agricultura:

Durante nove dias, as iniciativas equestres vão estar no centro da ação da Feira Nacional de Agricultura e ocupar um lugar de relevo no evento ao serem realizadas no Grande Ringue.

Tal como em 2018, foi implantada uma pista com um piso técnico adequado à realização das várias atividades equestres que aqui vão decorrer. Paralelamente, uma bancada no centro do Grande Ringue permitirá acompanhar com mais pormenor e atenção as ações que aqui decorrem.

Salão Prazer de Provar:

O Salão Prazer de Provar reúne no mesmo espaço vários produtos de grande qualidade como azeites, queijos, enchidos, méis, compotas, frutas, entre outros bens alimentares. Paralelamente, decorrem ações de “Cozinha ao Vivo” com mostras e degustações de produtos ou harmonizações entre Vinhos/Azeites, entre outras atividades, uma forma do consumidor tomar conhecimento e experimentar produtos já confecionados nem sempre de fácil acesso.

Nesta área, destaque para a zona dedicada ao programa “Portugal Sou Eu”, iniciativa promovida pelo Ministério da Economia e que visa a dinamização e valorização dos produtos portugueses, e na qual vão constar diversas empresas promovendo os seus artigos nacionais.

Fersant – Feira Empresarial da Região de Santarém

Paralelamente à FNA 19, o público também pode visitar a Fersant – Feira Empresarial da Região de Santarém, promovida pelo Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém -, uma iniciativa que visa promover uma rede de contactos com o tecido empresarial da região.

Gastronomia:

Os visitantes da Feira Nacional de Agricultura podem saborear os melhores produtos portugueses ao longo de nove dias. No Salão Prazer de Provar, os produtos vencedores dos Concursos Nacionais vão permitir ao público escolher e apreciar algumas iguarias que não se encontram tão facilmente no mercado.

Diversos restaurantes de carnes de raças autóctones e tasquinhas regionais promovidas por associações e coletividades do concelho de Santarém também participam na feira e o evento conta ainda com a participação de expositores que vão colocar à disposição do público queijos, enchidos, doces tradicionais, entre outros.

Espetáculos Musicais:

Durante a Feira, vão realizar-se vários concertos. No dia de abertura, 8 de junho (sábado), atua José Cid, no dia 9 de junho (domingo), é a vez do grupo “Capitão Fausto”, enquanto que a 13 de junho (quinta-feira) as atenções viram-se para “Conan Osíris”. No dia 14 de junho (sexta-feira) realce para o concerto de Mariza e no dia 15 (sábado) o destaque vai para David Antunes e convidados Samantha Fox e Toy.

Animação Tradicional:

Os visitantes também podem usufruir de espaços dedicados a iniciativas da região como largadas de toiros, desfiles e provas de campinos, atividades equestres, demonstrações de escolas de toureio, treino de forcados, provas de velocidade, perícia e condução de cabrestos, exibições de folclore e música tradicional e popular.

Horários:

8 a 15 de Junho

Nave A “Prazer de Provar”: 12h00 – 22h30

Nave B: 10h00 – 22h30

Nave C: 10h00 – 00h00

Zona Exterior / Maquinaria Agrícola: 10h00 – 21h00

Atividades Lúdicas: 10h00 – 03h00

Nota: A entrada no recinto é efetuada até à 01h00

16 de Junho

Nave A “Prazer de Provar”: 12h00 – 20h00

Nave B: 10h00 – 20h00

Nave C: 10h00 – 20h00

Zona Exterior / Maquinaria Agrícola: 10h00 – 20h00

Atividades Lúdicas:10h00 – 20h00

Nota: A entrada no recinto é efectuada até às 19h00

Preço:

Bilhete Feira: 7,50 € (Permite uma única entrada)

Bilhete Espetáculos Musicais: 7,50 € (Permite uma única entrada). Válido após o encerramento da exposição agropecuária – 22h30 (8,9,13, 14 e 15 junho)

Cadernetas de 10 Bilhetes: 50,00 € (Cada bilhete permite uma única entrada. À venda até 7 de junho)

Livre-Trânsito: 20,00 € (O Livre-Trânsito permite visitar a feira a qualquer hora e várias vezes por dia)

Dia 11 de Junho: Entrada Gratuita

Todos os Dias: Entrada gratuita para crianças até aos 11 anos (inclusive)

Parque de Estacionamento: gratuito

Mais informações em : https://feiranacionalagricultura.pt/

O Vitória Clube de Santarém, atualmente o 2.º maior clube de Portugal em número de atletas de futsal federados, organiza, de 8 a10 de junho, o VITÓRIA FUTSAL CUP - MASTERS GOLD EDITION 2019, o maior e mais abrangente torneio de Futsal de formação do País, que se realiza no Pavilhão e na Nave Desportiva Municipais.

Esta iniciativa vai movimentar 7 escalões de formação: petizes, traquinas, benjamins, infantis, iniciados, juvenis e juniores, 50 equipas, 101 jogos e mais de 750 atletas e 150 técnicos, distribuídos por equipas representantes de 18 distritos de Portugal Continental e Ilhas, o que representa um recorde absoluto à escala nacional.

Este ano em edição especial alargada, comemorativa dos primeiros cinco anos do formato Masters, o evento tem lugar nos dois pavilhões municipais de Santarém, continuando a ser estruturado segundo um conceito pioneiro: em prova, vão estar somente equipas representativas dos clubes de cada distrito com mais atletas de futsal inscritos na respetiva Associação de Futebol na época 2018/19, pretendendo-se valorizar e prestigiar aqueles que maiores esforço e dinamismo dedicam à promoção da modalidade. Este conceito resulta de uma pesquisa exaustiva realizada pelo Vitória Clube de Santarém, da qual decorre um levantamento global do número de atletas federados de todos os clubes portugueses que movimentam a modalidade.

Como habitualmente, a dimensão e o prestígio do torneio voltam a ser atestados pelo apoio e a associação de individualidades e instituições com reconhecidos préstimos em prol do futsal e do desporto nacional que compõem uma Comissão de Honra de luxo, sendo momentos altos as presenças de ilustres padrinhos como João Paulo Rebelo (secretário de Estado do Desporto e Juventude), Fernando Gomes (presidente da Federação Portuguesa de Futebol), Jorge Braz (melhor selecionador de futsal do mundo), Bebé e Tunha (campeões europeus por Portugal), Gonçalo Alves (antigo internacional e capitão do SL Benfica), Pedro Costa (antigo internacional português), Neno (antigo guarda-redes internacional português), Pedro Dias (diretor da FPF para o futsal), Pedro Palas (técnico das seleções jovens nacionais), Ricardo Gonçalves (presidente da CM Santarém), Inês Barroso (vereadora do Desporto da CM Santarém), Rui Manhoso (diretor da FPF), Francisco Jerónimo (presidente da AF Santarém), Carlos Marçal (presidente da União de Freguesias da Cidade de Santarém), José Lima (coordenador do Plano Nacional de Ética no Desporto), Rui Rosa (manager do W Shopping) ou Eduardo Agostinho (médico e diretor clínico do Vitória Clube de Santarém).

Mais informações: https://www.facebook.com/vitoria.clubedesantarem/

domingo:

Este domingo, dia 9 de junho, prossegue a 56ª Feira Nacional de Agricultura/66ª Feira do Ribatejo, no CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas.

A “Vinha e o Vinho” são os temas desta edição que se realiza até dia 16 de junho. Mais informações em : https://feiranacionalagricultura.pt/

Este domingo, prosseguem as comemorações do 39º Aniversário da Casa do Povo de Amiais de Baixo. Às 09h00 há Prova de Atletismo: Escalões Jovens, a partir das 14h00, há Animação no Jardim, com Insufláveis, Bar, Petiscos e continuação das atividades desportivas. Pelas 21h00, tem início o Espetáculo “Sonha, acorda e acredita!”, pela Escola de Ballet de Amiais de Baixo, na Casa do Povo de Amiais de Baixo.

segunda-feira:

Feriado Nacional - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Na segunda-feira, dia 10 de junho, prossegue a 56ª Feira Nacional de Agricultura / 66ª Feira do Ribatejo, no CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas. A “Vinha e o Vinho” são os temas desta edição que se realiza até dia 16 de junho. Mais informações em : https://feiranacionalagricultura.pt/

Na segunda-feira, prosseguem as comemorações do 39º Aniversário da Casa do Povo de Amiais de Baixo. Às 09h00 há Caminhada. Inscrições:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfLdDbK5nqHmv6DZSAxqotkgmCdTS8N-McnzpOzQcYlzalIeA/viewform)

Às 10hh0, prosseguem as atividades desportivas, a partir das 14h00, há Animação no Jardim: Insufláveis, Pinturas Faciais, Bar e Petiscos.

Pelas 15h00, têm início as Finais dos Torneios: Becos (3X3) / Basquetebol (3X3) / Futevólei / FIFA / Sueca e às 16h00, há demonstração Zumba/ HIIT. A partir das 17h00, há oferta de Sardinhada à população.

A decorrer:

Até dia 9 de junho, visite a Exposição “Um olhar sobre Santarém”, que reúne os trabalhos dos alunos dos Agrupamentos Escolares de Santarém sobre a temática do Património Cultural Material e Imaterial, no Convento de São Francisco. A Mostra pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

“Um olhar sobre Santarém” é uma exposição dos trabalhos dos alunos dos Agrupamentos Escolares de Santarém sobre a temática do Património Cultural Material e Imaterial.

Integrado nesta exposição, no dia 07 de junho, a partir das 18h00, tem lugar um evento cultural, com apresentação do projeto "Aprender a Aprender" que desencadeou os trabalhos finais apresentados na exposição; apresentação de onze poemas sobre o património de Santarém por alunos do 4º ao 9º ano; "Vira da Desgarrada" cantado e dançado pelos alunos da T4 da EB Vale de Santarém; "Fadinho da Vindima", cantado pela T2 da EB Almoster; "Fandango do Bairro", dançado por alunos da T2 de Fontainhas e da Alexandre Herculano, complementado com dançarinos e músicos do Rancho Folclórico do Bairro de Santarém, Graínho e Fontainhas; "Dramatização da Feira Medieval", pelos alunos da T5 da EB Mergulhão, no espaço da exposição, entre outras atividades.

Esta Exposição conta com a colaboração da Biblioteca Municipal de Santarém, Rede de Bibliotecas Escolares e Agrupamentos Escolares de Santarém.

Até dia 28 de junho, visite a Mostra Bibliográfica “A Vinha e o Vinho”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Patente de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00.

“A Vinha e o Vinho” são a temática adotada para a 56ª Feira Nacional de Agricultura 2019, um certame nacional que atrai milhares de pessoas a Santarém.

Numa região essencialmente agrícola, como é o Ribatejo, com grande peso na economia local, o cultivo da vinha e a forte produção do vinho têm demonstrado ao longo dos tempos uma grande capacidade produtiva e uma divulgação crescente em vinhos de qualidade.

A Biblioteca Municipal de Santarém associa-se ao grande certame agrícola com uma exposição bibliográfica sobre a temática durante o mês de junho.

Até dia 28 de junho, visite a Exposição Coleção de Arte Contemporânea ‘Manuela de Azevedo’”, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire. Destaque trimestral para uma Obra da autoria de Ventura Moutinho: “Recanto – Espalion, França”, pintura a óleo s/ platex, 2º quartel séc. XX. Patente de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

Até dia 28 de junho, visite a Exposição Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’, na Biblioteca Municipal Braamcamp Freire, segunda a sexta-feira, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30

Na Casa-Museu Anselmo Braamcamp Freire encontra-se em exposição parte do espólio artístico da jornalista Manuela Ferreira de Azevedo, doado à Câmara Municipal de Santarém no final da década de 80, espólio esse que contempla reconhecidos artistas nacionais e internacionais.

De 1 de Abril a 28 de junho está em destaque trimestral uma obra da autoria de Ventura Moutinho: “Recanto – Espalion, Fança”, pintura a óleo s/ platex, 2º quartel séc. XX.

Até dia 29 de junho, visite a Exposição Bibliográfica “Vamos ler… Margarida Rebelo Pinto”, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h00 e aos sábados, das 09h30 às 12h30.

Margarida Rebelo Pinto nasceu em junho de 1965, tendo demonstrado desde criança o querer ser escritora. Iniciou a sua atividade de jornalista em várias publicações como “Diário de Noticias”, “O Independente”, “Marie Claire” e “Se7e”.

O seu primeiro livro, o romance “Sei Lá” (1998) atingiu grande sucesso de vendas em Portugal, o que lhe permitiu, no ano 1999, ter vencido o Prémio literário FNAC.

Margarida Rebelo Pinto paralelamente à escrita dedica-se também ao guionismo e mantém até à presente data uma produção literária regular.

Até dia 21 de setembro visite a Exposição Cartografia Sentimental, no Palácio Landal.

Exposição Cartografia Sentimental é um projeto expositivo híbrido, que explorará a relação das pessoas com a cidade, nomeadamente, com a zona histórica, criando tangentes a questões como a Topofilia, das cidades que se modificam todos os dias e de como transformamos espaços em lugares.

Em permanência:

Visite o Núcleo Museológico do Tempo - Torre das Cabaças, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, sob marcação através do telefone: 243 377 290 ou 912 578 970.

“Painel de azulejos que representa um mostruário de relógio com numeração romana e decoração figurativa dos ventos (éolos ou querubins azuis), nos quatro cantos da composição. É emoldurado por cercadura com decoração geometrizante e simétrica a azul, amarelo, verde e manganês e meios óvulos. O espaço interior é preenchido com uma representação do sol com seus raios em branco e amarelo sobre fundo azul, dividindo o círculo em vinte e quatro partes iguais”.

Visite o Centro de Interpretação Urbi Scallabis – USCI, no Jardim Portas do Sol, de quarta-feira a domingo, das 09h30 às 12h15 e das 14h00 às 17h15. Contato: tel.- 243 357 288.

Instalado no Jardim Portas do Sol, o Centro de Interpretação Urbi Scallabis concilia, de forma harmoniosa, a dimensão turística e a vertente científica, fruto de um aprofundado trabalho de estudo e investigação.

A área expositiva oferece uma fácil abordagem no domínio inovador da interatividade, que lhe permite, à distância de um toque digital, identificar e localizar o valor do património arquitetónico, a riqueza da tumulária, a abundância da heráldica e a qualidade da azulejaria que a cidade ostenta e que, muitas vezes, os escalabitanos e os turistas desconhecem.

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 250

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 243 304 613

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 400

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Obras e Projetos

    243 304 241 243 304 297

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

    Seg, Qua e Sex: 09h30 às 12h30

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 628

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Bombeiros Municipais de Santarém

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 321 183

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Bombeiros Municipais de Santarém

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300