Ir para o conteúdo
  MENU

Município de Santarém

Página principal

Verão In. Str regressa com programação que une centro histórico, cidade e vilas do Concelho

Mais uma centena de espetáculos de várias índoles unem este ano a cidade e o Concelho de Santarém durante a edição de 2022 da iniciativa cultural Verão In. Santarém (In. Str), que decorre entre os dias 21 de junho e 23 de setembro, numa organização do Município de Santarém em parceria com várias entidades e agentes culturais da região.

A pré abertura do In.Str terá lugar com a apresentação do Festival de Folclore Da Aldeia à Cidade, promovido pelo Rancho Folclórico de Vila Nova do Coito em homenagem a Vitor Gaspar, etnógrafo e diretor do grupo recentemente falecido.

A programação da iniciativa - que retoma o seu padrão inicial de filosofia de intervenção e de prática da sua concretização - foi apresentada esta segunda-feira, 13 de junho, no Teatro Sá da Bandeira pelo vereador da Cultura, do Município Scalabitano, Nuno Domingos, com a presença presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves.

Para além dos autarcas estiveram também na apresentação do programa do In.Str, o vice-presidente, João Leite e o vereador Diogo Gomes, da autarquia local e ainda António Torres da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), Fernando Lopes do Inatel, Eva Duarte do Museu Diocesano de Santarém, Diamantino Duarte presidente da União de Freguesias de Santarém e Duarte Neto presidente da Junta de Freguesia de Amiais de Baixo.

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, recordou que quando o In. Str estava a ganhar a dimensão pretendida foi travado pela pandemia durante os últimos dois anos. “Queremos retomar e ganhar balanço para voltarmos a ter a dimensão que já tínhamos. Queremos que as pessoas saiam de casa e venham usufruir do que o Concelho tem para lhes oferecer”, afirmou o edil.

O regresso do projeto que pretende animar toda estação de Verão ao longo de três meses (do Solístico ao Equinócio), chega pela primeira vez a novos espaços fora do centro histórico de Santarém, palco único de todas as anteriores edições do evento. Para além do planalto scalabitano e de zonas novas da cidade, o Verão In. Str 2022 inclui iniciativas que se estendem pelas seis vilas do Concelho de Santarém (Alcanede, Alcanhões, Amiais de Baixo, Pernes, Tremês e Vale de Santarém).

De acordo com o vereador da Cultura, Nuno Domingos “ao objetivo centrado da promoção e na valorização do centro histórico, juntamos dois outros: unir a cidade e unir o Concelho”, através do Projeto Vilas que que inclui residências artísticas itinerantes como o ‘Dançar com … Vindimas’ e ‘Arte Urbana’, projetos de sucesso da programação em rede da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), parceira do projeto.

Às vilas chegará também outros dois projetos singulares ‘Arruar’ e ‘Cantar a Terra’ pelos Segue-me à Capela.

Uma descentralização cultural recebida de braços abertos pelas freguesias das seis vilas. Para Duarte Neto, presidente da Junta de Freguesia de Amiais de Baixo “finalmente a pandemia da cultura deixou de existir e chega às freguesias”, assegurando “que serão eventos que certamente vão envolver em massa a comunidade local. Eles e nós ansiamos por cultura”.

Integrando o projeto In. Str, que teve início em 2015, foi agora apresentada uma nova fase da iniciativa que envolve distintos parceiros como a União de Freguesias da Cidade de Santarém, o Inatel, o Museu Diocesano de Santarém, a Sociedade Recreativa Operária, o Conservatório de Música de Santarém, entre muitos outros.

O programa do Verão In.Str 2022 aposta no património natural e arquitetónico, apresentando iniciativas em lugares habitualmente afastados deste tipo de eventos, e que agora vão passar a ser um palco privilegiado de uma programação cultural eclética que estabelece pontes entre a cultura, o território e as suas gentes.

Ao longo dos três meses de duração da edição do Verão In. Str 2022, vão realizar-se dezenas de eventos em dois palcos selecionados no centro histórico: Praça Sá da Bandeira (Largo do Seminário) e Largo Visconde Serra do Pilar (Praça Velha) com programação mais centrada nos sábados. O destaque vai para os concertos: Serenata Monumental do Centro Cultural Regional de Santarém, Charruas com Dany Silva, Vulture de Portugal, Maro, Tributo a Michael Bublé, Tributo aos Génesis, Olavo Bilac, Surma, Bandas Sonoras de Filmes e Pierre Aderne com a Rua das Pretas.

Outro dos pratos fortes é uma viagem às estrelas na noite do dia 6 de agosto.

Entre as 21h30 e a meia noite, o Museu Diocesano de Santarém realiza a III Observação Astronómica noturna. Na observação serão identificados diferentes tipos de objetos celestes: planetas, aglomerados estelares, estrelas duplas, nebulosas, galáxias e ainda identificados satélites artificiais.

Para além destes, pela primeira vez, serão apresentadas iniciativas culturais em muitos locais improváveis, como jardins privados, recintos de fontes ou escadarias com objetivo de ‘Unir a Cidade’.

Às quartas-feiras haverá cinema com programação do Cineclube. Será apresentado um ciclo dedicado ao género musical projetado no Sacapeito, junto às Piscinas Municipais.

Já as quintas-feiras serão dedicadas a espetáculos rotativos no Jardim da Biblioteca Municipal (guitarra clássica); Fonte das Figueiras(jazz); Leões (música dos anos 50 e 60); São Domingos (teatro de rua e pequenos concertos).

Aos sábados a programação é mais centrada nas crianças e nas famílias, percorrendo alternadamente o Jardim de Cima, o Alto do Bexiga, a Ribeira de Santarém e o Bairro das Trigosas. “Em relação a este último espaço, foi muito relevante a colaboração da Junta de Freguesia União de Freguesias da Cidade”, sublinhou o vereador da Cultura, Nuno Domingos.

Ainda nesta dimensão, teremos uma surpresa. Pela cidade vai passear a Amália Rodrigues, pela mão de Paulo Patrício.

Programação para todos os gostos

A linha da programação do Verão In. Str 2022 inclui as artes de palco, onde diversos grupos de artistas vão oferecer música, malabares, comédia, teatro ou cinema ao ar livre. A animação vai decorrer em vários espaços adequados aos diferentes tipos de eventos e para todas as faixas etárias.

Tal como em edições anteriores, vai ser repetida a experiência de criar uma grande exposição de rua dedicada à arte da fotografia, este ano subordinada ao tema da cultura avieira. Neste contexto, volta a estar em destaque o Caminho das Artes, projeto que mais uma vez transformará o centro histórico de Santarém numa galeria a céu aberto com um conjunto de 50 imagens em painéis de grande dimensão afixadas a varandas de edifícios do centro histórico.

Teremos também uma exposição de pintura, de pequenos formatos, de Francisco Pereira, no Palácio de Landal.

Em edições anteriores do Verão In.Str, o Festival de Estátuas Humanas transformou por completo o espaço do centro histórico da cidade durante horas. Este ano não deverá ser diferente com a realização da III edição do Festival que decorrerá no primeiro fim-de-semana de agosto (5, 6 e 7) e constituirá um dos pontos altos de animação de rua e da programação, visando incentivar e divulgar a criação artística nas artes performativas. O evento dinamizado pelos Quideia contará com a participação de onze estátuas criadas o ano passado, nas residências artísticas pela CIMLT nos onze municípios. As restantes quatro estátuas humanas vão ser representadas por artistas convidados pela organização, tendo já sido premiados em Portugal e no mundo.

Também aos sábados de manhã é dado relevo aos aspetos da tradição, da etnografia e do folclore. Assim, todas os sábados de manhã o mundo rural invade a cidade trazendo usos e costumes, música, dança, gastronomia e a recriação de atividades agrícolas campesinas, contribuindo para a dinamização do comércio local, numa parceria com o Inatel, que comemora hoje o seu 87º aniversário. No total serão dez grupos representativos da região e do distrito de Santarém.

Ainda aos sábados, o artesanato estará presente na Rua Serpa Pinto, entre as 10 e as 17 horas e este ano, o Jardim Portas do Sol receberá a Barrica dos Livros, com início a 21 de junho. Se gosta de ler será uma excelente oportunidade para levantar um livro tendo sempre depois o cuidado de o devolver.

O Inatel apresenta ainda no dia 9 de julho, um ‘Concerto pela Paz’, às 21 horas, na Igreja da Santa Clara, sob a direção do maestro Miguel Galhofo. Um concerto de música lírico-sacra da obra de Karl Jenkins ‘The Armed Man’ – A Mass For de Peace. Em palco 50 coralistas do Coro da Câmara Cantar Nosso, dois solistas convidados: Maria João Sousa (soprano) e Armando Possante (barítono), Ensemble Instrumental Serenity (piano, órgão, violoncelo, flauta, flautim, trompetes e percussão).

A estrutura da obra, segundo Fernando Lopes do Inatel “intercala nos textos litúrgicos salmos e momentos de poesia e prosa sobre a história das guerras e das suas consequências, terminando com uma oração por um futuro marcado pela Paz”, frisando ainda “que este projeto terá uma componente solidária com a divulgação do IBAN para contribuições para o C.C. Educativo Vesselka – polo de Santarém, que tem vindo a desenvolver trabalho voluntário cívico e cultural de elevada importância para o momento atual”.

Outra parte incontornável do programa do Verão In.Str é o Rock, retomando a habitual parceria com as associações: Rock da Velha de Pernes e Cartaxo Sessions. Os concertos terão lugar na Casa do Campino.

Paralelamente ao In.Str 2022 outros projetos juntar-se-ão à restante programação. São eles: Cortes e Lendas de 1 a 3 de julho, no Convento de São Francisco; Semana do Piano de 8 a 14 de julho, com organização do Conservatório de Música de Santarém; Festival de Handpan entre 2 e 4 de setembro, com organização da Associação Movimento Aberto, no Convento de São Francisco; PICTORIN de 5 a 10 de setembro, na Incubadora de Artes e no Centro Histórico da Cidade e o Festival Internacional Celestino Graça de 6 a 11 de setembro, na Casa do Campino.

Valorizar recursos culturais locais

O Projeto In. Str quer apostar na valorização e no reforço dos recursos culturais de Santarém, permitindo a sua viabilidade económica e no reconhecimento do seu contributo. Pretende-se ajudar a potenciar os produtos e serviços culturais locais com criatividade e competitividade, sublinhando a importância da associação do nome da cidade, como marca de qualidade, aos produtos culturais que da mesma emanam, assumindo a expressão “Feito em Santarém”.

De recordar que este projeto nasceu da vontade dos agentes culturais de Santarém e do Município, tendo ajudado a criar um método de participação na programação cultural da cidade, agora também alargado a todo o concelho.

Acima de tudo, há o desejo de contribuir para que os habitantes locais e os visitantes possam viver e sentir o centro histórico da cidade, as suas zonas periféricas e as vilas do concelho. Nos pontos onde vão decorrer - em sítios inusitados ou em conhecidos largos e praças - vários espetáculos de arte e cultura, pretende-se criar novas dinâmicas locais e facilitar o acesso a projetos de teatro, música e arte ou ajudar a formar e sensibilizar novos públicos.

Aos agentes culturais envolvidos pediu-se que apresentassem propostas estéticas que mostrem a sua realidade artística, promovendo um encontro entre todos que ajude a reencontrar o espírito da cidade, do seu centro urbano antigo, que “já foi grande entre todas as cidades e vilas de Portugal”, assim com das novas centralidades da cidade e as vilas de Santarém.

Contactos

  • Município

  • Freguesias

  • Empresas Municipais

  • Segurança

  • Saúde e Serviços Sociais

  • Serv. Judiciais

  • Serv. Públicos

  • Serviço de Higiene e Limpeza

     800 207 776

  • Serviços de Cemitérios

     243 352 034
     

  • Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil

    243 304 652

  • Posto de Turismo

     243 304 437
     

  • Biblioteca Municipal Braamcamp Freire

    243 330 240 
     

  • Divisão de Ação Social e Saúde

     243 304 400

  • BLV- Banco Local de Voluntariado

     243 304 400
     

  • Serviço de Atendimento a Familiares e a Doentes de Alzheimer

    243 304 400

  • Câmara Municipal de Santarém

    243 304 200

  • Programa Rede Social – CLASS

     243 304 424
     

  • Gabinete de Psicologia da Criança e do Adolescente

     243 304 400
     

  • Gabinete de Apoio ao Imigrante e Minorias Étnicas

     243 304 400

  • Secção de Receitas

     243 304 217
     

  • Tesouraria

     243 304 214
     

  • Divisão de Espaços Públicos e Ambiente

    243 304 200

  • Divisão de Planeamento e Urbanismo

    243 304 627 / 243 304 622

  • Divisão de Educação e Juventude

    243 304 400

  • Ambiente e Sustentabilidade - Equipa Multidisciplinar de Ação para a Sustentabilidade

    243 304 450

  • Serviço de Atendimento da Divisão de Ação Social e Saúde

    243 304 400

  • Divisão de Planeamento e Projetos

    243 304 252 / 243 304 240

  • Divisão de Recursos Humanos e Administração

    243 304 200

  • NIAC - Núcleo de Informação Autárquica ao Consumidor

    . 243 304 408 
     

  • Serviço de Sanidade e Higiene Pública Veterinária

     243 304 230
     

  • Relações Públicas e Comunicação

    243 304 400

  • Assembleia Municipal de Santarém

    243 304 223
     

  • Gabinete Técnico Florestal

    243 333 122

    Seg, Qua e Sex: 09h30 às 12h30

  • Departamento Técnico e Gestão Territorial

    243 304 252 / 243 304 240

  • Sala de Leitura Bernardo Santareno

     243 304 649
     

  • Departamento de Administração e Finanças

    243 304 200

  • Sapadores Bombeiros

    243 333 122 / 243 333 091

  • Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes

     243 304 400/243 304 409

  • RLIS – Rede Local de Intervenção Social

     914 516 813

     

  • Casa do Ambiente

    243 304 216

  • Loja do Cidadão

    707 241 107

  • Teatro Sá da Bandeira

    243 309 460

     

  • Centro de Investigação Prof. Doutor Joaquim Veríssimo Serrão

    243 304 662

     

  • União de Freguesias da cidade de Santarém

    243 321 531

  • Junta de Freguesia de Gançaria

    243 405 164

  • União das freguesias de Casével e Vaqueiros

    243 441 253

  • União das Freguesias de Azoia Cima e Tremês

    243 479 923

  • Junta de Freguesia de Moçarria

    243 499 592

     

  • Junta de Freguesia de Póvoa da Isenta

    243 769 350

  • União das Freguesias de São Vicente do Paúl e Vale de Figueira

    243 441 857

  • Junta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

    243 449 807

  • Junta de Freguesia de Vale de Santarém

    243 769 614

  • União das Freguesias da Romeira e Várzea

    243 469 758

  • Junta de Freguesia de Pernes

    243 440 570 

     

  • Junta de Freguesia de Amiais de Baixo

    249 870 787

  • União Freguesias de Achete, Azoia Baixo e Póvoa Santarém

    243 469 555

  • Junta de Freguesia de Abrã

    243 400 548

     

  • Junta de Freguesia de Alcanede

    243 400 313

  • Junta de Freguesia de Abitureiras

    243 469 599

  • Junta de Freguesia de Alcanhões

    243 429 794

  • Junta de Freguesia de Almoster

    243 491 404

  • Pavilhão e Nave Desportiva Municipal

     243 300 908

  • A.S. - Empresa das Águas de Santarém - EM, S.A.

    243 30 50 50

  • Piscinas do Sacapeito

     243 300 905

  • Complexo Aquático Municipal

     243 300 900
     

  • Viver Santarém

    243 300 900

     

  • Proteção Civil Municipal

    243 333 122/ 243 333 091

  • Sapadores Bombeiros

     243 333 122 / 243 333 091 

  • Polícia de Segurança Pública

    243 322 022

  • Guarda Nacional Republicana Brigada 2 - Grupo Territorial de Santarém

    243 300 070

     

  • Bombeiros Voluntários De Santarém

    243377900

     

  • Serviço Municipal de Proteção Civil

    800 222 122

  • Hospital Distrital de Santarém

     243 300 200 

  • Centro Regional de Segurança Social

    243 330 400

  • Administração Regional de Saúde

    243 300 700

  • Unidade de Saúde Familiar do Planalto (Centro de Saúde de Santarém)

    243 303 231/32/33 

  • Unidade de Saúde familiar de S. Domingos (C.S. Santarém)

    243 330 600/601

  • Santa Casa da Misericórdia de Santarém

    243 305 260

  • Cruz Vermelha Portuguesa

     243 323 374
     

  • APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

    243 356 505

     

  • GAV - Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém

    243 356 505

  • Procuradoria da Instância Local Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Instrução Criminal de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Criminal de Santarém

    243 305 150

  • DIAP

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central do Trabalho de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central Cível de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria do Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Comércio de Santarém

    243 305 150

  • Procuradoria da Instância Central de Família e Menores de Santarém

    243 305 150

  • CTT – Estação

    243 309 730

  • Portugal Telecom, Comunicações S.A.

    243 500 900

  • EDP - LTE - Eletricidade de Portugal

    808 505 505 (linha comercial)

    800 506 506 (avarias

  • Rodotejo

    243 333 200

  • CP - Caminhos-de-ferro Portugueses

    243 333 180

    www.cp.pt

  • Museu Diocesano de Santarém

    243 304 065

  • Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas – CNEMA

    243 300 300